Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1004875
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Tese/dissertação (ALICE)
Issue Date: 2014
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: RUY, R.
Additional Information: RAFAELA RUY, UEL.
Title: Indicadores microbiológicos e bioquímicos de qualidade em solo de baixa fertilidade natural que recebeu calagem e adubação fosfatada.
Publisher: 2014.
Pages: 89 f.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado em Microbiologia) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina.
Description: RESUMO: A sustentabilidade dos sistemas de produção agrícola pode ser medida pelo seu impacto na qualidade do solo. Atributos microbiológicos e bioquímicos foram utilizados como bioindicadores de qualidade em solo de baixa fertilidade natural que recebeu duas fontes de adubação fosfatada (superfosfato triplo e fosfato natural reativo) e dois modos de calagem (calagem superficial e incorporada), além dos respectivos controles, em arranjo fatorial 3 x 3. Amostraram-se quatro profundidades de solo (0-5, 5-10, 10-20 e 20-40 cm), sendo que os efeitos mais pronunciados nas propriedades microbiológicas e bioquímicas foram observados nas camadas superficiais. A calagem superficial aumentou a atividade das enzimas do solo, a respiração basal e diminuiu a biomassa microbiana, mas a calagem incorporada resultou em efeitos negativos nas camadas superficiais do solo, onde o papel microbiano é mais pronunciado. Para o fator adubação fosfatada, o superfosfato triplo favoreceu a atividade microbiana em todas as profundidades, exceto propriedades envolvidas na mineralização e absorção de P pelas plantas, como atividade da fosfatase ácida e a colonização micorrízica, com pequena diminuição. A calagem superficial, apesar de seu efeito menos pronunciado nas camadas mais profundas do solo, apresentou-se como uma alternativa menos impactante aos atributos microbiológicos e bioquímicos que a calagem incorporada; por sua vez, a adição de P solúvel favoreceu a maioria dos atributos avaliados, indicando que a baixa disponibilidade de P também é limitante às comunidades microbianas no solo de baixa fertilidade natural. ABSTRACT: The sustainability of agricultural systems can be measured by its impact on soil quality. Microbiological and biochemical attributes were used as bioindicators of soil quality in a low-natural fertility soil that received two sources of phosphorus (triple superphosphate and natural reactive phosphate) and different liming strategy (superficial and incorporated), in addition to their respective controls, in a 3 x 3 factorial arrangement. Sampling was performed at four depths (0-5, 5-10, 10-20 and 20-40 cm), and stronger effects were observed at the top layers. The superficial liming increased enzyme activities, basal respiration, and decreased the microbian biomass, whereas the incorporated liming resulted in negative effects in the superficial layers of soil, where the microbial role in soil quality is more pronounced. For the factor phosphate fertilization, triple superphosphate stilumated microbial activity in all depths, except properties associated with P mineralization and uptake, like phosphatase activity and mycorrhizal colonization, which decreased. The surface liming, despite less pronounced effect at deeper soil layers, showed less impact on microbiological and biochemical attributes of soil than the incorporated liming; whereas soluble P stimulated most of the assessed attributes, showing that low P availability is also limiting to the microbial communities in the low-natural fertility soil.
Thesagro: Microbiologia do solo
NAL Thesaurus: Soil biology
Year: 2015-01-09
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rafaela.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace