Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1088046
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Solos - Tese/dissertação (ALICE)
Data do documento: 22-Fev-2018
Tipo do Material: Tese/dissertação (ALICE)
Autoria: SANTOS JÚNIOR, V. J. dos
Informaçães Adicionais: VALDEVINO JOSÉ DOS SANTOS JÚNIOR, UFF.
Título: Valoração para o pagamento por serviços ambientais hídricos: estudo de caso na zona de amortecimento do Parque Estadual da Lapa Grande, Montes Claros/MG.
Fonte/Imprenta: 2017.
Páginas: 100 f.
Idioma: pt_BR
Notas: Dissertação (Mestrado em Engenharia de Biossistemas) - Universidade Federal Fluminense, Niterói. Orientador: Evaldo de Paiva Lima, CNPS; Coorientadora: Rachel Bardy Prado, CNPS.
Palavras-chave: Gestão de recurso hídrico
Serviço ambiental
Zona de amortecimento
Aspecto econômico.
Conteúdo: As Zonas de Amortecimento de Unidades de Conservação (ZAs de UCs) são áreas privadas que sofrem com impactos ambientais decorrentes da expansão agropecuária, incêndios florestais e adensamento urbano, dentre outros. São áreas potenciais para a implementação de Pagamentos por Serviços Ambientais Hídricos (PSA-H), onde toda a estrutura e experiências de PSA-H podem ser adotados e aplicados, a partir de adequações metodológicas e dados locais. Neste contexto, o presente estudo tem como objetivo analisar iniciativas de PSA-H no Sudeste do Brasil, visando subsidiar o componente de valoração para a zona de amortecimento do Parque Estadual da Lapa Grande (ZA do PELG), em Montes Claros-MG. Para isto, foi construída uma base de dados para a coleta e sistematização de informações de iniciativas de PSA-H no Sudeste do Brasil. As iniciativas foram analisadas segundo categorias e atributos, fornecendo subsídios para proposição metodológica de valoração para PSA-H na ZA do PELG. Para a valoração econômico-ambiental na ZA do PELG, selecionou-se e calculou-se o valor pelo serviço ambiental produção e armazenamento de água. Verificou-se que apesar das iniciativas de PSA-H estarem na mesma região, Sudeste do Brasil, e terem objetivos semelhantes, os métodos de valoração são diferentes, variando conforme os tipos de intervenção adotados. Também observou-se com os métodos de valoração propostos, que os valores para o pagamento pelo serviço ambiental para a ZA do PELG são diferentes, para os diversos tipos de intervenção propostos. Conclui-se que a base de dados forneceu informações essenciais para a proposição metodológica de valoração do serviço ambiental produção e armazenamento de água na ZA do PELG, tais como: precipitação, métodos e variáveis de valoração, os quais dependem dos tipos de intervenção que podem ser realizados na área de estudo. A valoração variou de 0,19 a 60,00 reais/ha/ano para tipo de intervenção III, de conservação de remanescentes de vegetação nativa e, de 35,24 a 140,96 reais/nascente/ano, para o tipo de intervenção II, de restauração ou conservação de áreas legais relacionadas a cursos hídricos. Por fim, finaliza-se com sugestões para futuros trabalhos, como a valoração a partir da modalidade I de conservação do solo para a ZA do PELG.
Thesagro: Recurso Hídrico.
Ano de Publicação: 2017
Aparece nas coleções:Tese/dissertação (CNPS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DissertacaoValdevinoJosedosSantosJunior2017.pdf1,91 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace