Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1109379
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: CARVALHO, E. S. S. de
Additional Information: ERIKA SAMANTHA SANTOS DE CARVALHO.
Title: Perfil sensorial, enológico e funcional de vinhos tropicais sob diferentes manejos agronômicos.
Publisher: 2016.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Farmácia, Universidade Federal da Bahia, Salvador. Orientada por Maria Eugênia de Oliveira Mamede; co-orientada por Aline Camarão Telles Biasoto, Embrapa Semiárido.
Keywords: Vinho tropical
Vitivinicultura
Uva Syrah
Sistema de Condução
ADQ
ADO
Description: O presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência de diferentes sistemas de condução e porta-enxertos sobre a composição físico-química, atividade antioxidante, teores dos principais ácidos orgânicos, compostos fenólicos e caracterizar o perfil sensorial dos vinhos da cv ?Syrah‟ produzido no Submédio do Vale do São Francisco em duas épocas distintas do ano. O experimento foi conduzido na área experimental do Bebedouro e no Laboratório de Enologia da Embrapa Semiárido, no período de junho e dezembro do ano de 2014. Os tratamentos consistiram em dois sistemas de condução (Lira e Espaldeira) e três porta-enxertos (?IAC 766‟, ?IAC 572‟ e ?Pausen 1103‟). Foram determinadas características físico-químicas, bem como a atividade antioxidante, ácidos orgânicos e o perfil fenólico dos vinhos. As características sensoriais foram descritas através da Analise Descritiva Quantitativa (ADQ®) e por Análise Descritiva por ordenação (ADO). Os dados químicos e sensoriais foram analisados através de testes estatísticos, Análise Exploratória de Dados (gráficos em coordenadas polares) e Análise de componentes principais (ACP) utilizando o software SAS® e ANOVA .Os resultados indicaram que a qualidade dos vinhos foi influenciada tanto pelo sistema de condução como pelo porta-enxerto testado, e, principalmente pela época de colheita. Recomenda-se para primeira safra do ano o sistema de condução espaldeira e porta-enxerto IAC 766 por ter a originado vinhos com maior teor alcoólico, pH, intensidade de cor (IC), compostos fenólicos totais e IPT. Este vinho também destacou-se no conteúdo total de compostos fenólicos determinados por HPLC (n= 24), no teor das antocianinas monoméricas e da malvidina-3-O-glicosídeo, flavanóis, flavonóis e de ácidos fenólicos. E para a segunda safra do ano o sistema de condução lira no porta-enxerto IAC 572 promoveu vinhos com maiores terores de flavonóis totais, compostos fenólicos totais, acidez total e IPT. Foram avaliadas seis amostras de vinho, um total de 16 termos discriminativos foi selecionado por meio da Análise Descritiva Quantitativa (ADQ) e Análise Descritiva por Ordenação (ADO). Porém a ADQ apresentou maior poder discriminativo das amostras em relação à ADO, para as diferentes classes de atributos como da aparência, sabor e sensações bucais.
Thesagro: Uva
Vinho
Vitis Vinifera
Porta Enxerto
NAL Thesaurus: Grapes
Vitis
Data Created: 2019-05-28
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacaoerikasamanthacarvalho.pdf4,18 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace