Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1110082
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Acre - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: SILVA, S. M. M.
Additional Information: Susana Maria Melo Silva, Universidade Federal do Acre (Ufac).
Title: Diversidade genética e estrutura populacional de duas espécies de bambu do gênero Guadua na região sul-ocidental da Amazônia.
Publisher: 2019.
Pages: 116 f.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado em Biodiversidade e Biotecnologia ) - Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Biotecnologia da Rede BIONORTE, Universidade Federal do Acre, Rio Branco. Orientador: Jonny Everson Scherwinski-Pereira; Co-orientadora: Tatiana de Campos.
Keywords: Fitomejoramiento
Guadua aff chaparensis
Guadua aff lynnclarkiae
Variación genética
Similaridade genética
Similitud genética
Sondeo de la Población Actual
Heterozigozidade
Heterocigosidad
Programas de computadores
Análisis por computador
Structure
Bujari (AC)
Sena Madureira (AC)
Porto Acre (AC)
Acre
Amazônia Ocidental
Western Amazon
Amazonia Occidental
Description: O conhecimento populacional é fundamental para que as espécies sejam conservadas, manejadas e protegidas. Estudos sobre diversidade genética e estrutura populacional de plantas como os bambus amazônicos (Guadua) dão subsídios para a conservação das espécies tanto in situ quanto ex situ. Plantas nativas como os bambus são um importante componente no contexto florestal, formando ecossistemas únicos, pouco estudados, que servem de abrigo para muitas espécies que vivem relacionadas a eles e também podem ser usados economicamente para diversos fins. Este trabalho teve como objetivo, estudar a diversidade genética e estrutura populacional de quatro populações (P1, P2, P3 e P4) de Guadua aff. chaparensis, localizadas nos municípios de Bujari e Sena Madureira, e uma população (P5) Guadua aff. lynnclarkiae, localizadas no município de Porto Acre, na região Sul-Ocidental da Amazônia brasileira. Foram coletados 350 indivíduos para as duas espécies em estudo. As análises genéticas foram feitas utilizando 10 marcadores moleculares microssatelites (SSR), através de transferibilidade. A estrutura populacional foi avaliada para as duas espécies com base na densidade, distribuição, diâmetro e número de colmos dos indivíduos dentro das populações, sendo também calculados parâmetros genéticos para a conservação. As análises genéticas revelaram 169 alelos para as populações de G. aff. chaparensis e 40 alelos para a população G.aff.lynnclarkiae. A heterozigosidade esperada (He) entre as espécies variou de 0,54 para G. aff. chaparensis (P3) a 0,46 para G. aff. lynnclarkiae (P5). Os valores de heterozigosidade observada (Ho) para a espécie G. aff. chaparensis variaram de 0,50 a 0,36. Para a espécie G. aff. lynnclarkiae o Ho foi de 0,38. As populações não apresentaram valores significativos de endogamia (f). As espécies apresentaram estrutura genética espacial significativa, revelando alta similaridade genética para indivíduos mais próximos. Foram identificados indivíduos clonais para as duas espécies. As populações das espécies avaliadas apresentaram baixa similaridade genética (K 5) de acordo com o programa Structure. Foi detectada alta divergência genética (Gst de 0,46) entre as populações da espécie G.aff. chaparensis e um fluxo gênico aparente de um indivíduo a cada duas gerações. A densidade de touceiras por hectare variou de 0,70 a 8 touceira.ha-1 para G. aff. chaparensis e de 43,4 touceira.ha-1 para G. aff. lynnclarkiae. As espécies apresentaram baixa similaridade com base no diâmetro e número de colmos. A maioria dos indivíduos apresentou distribuição do tipo agregada. As populações estudadas não apresentaram gargalo genético. O tamanho efetivo populacional foi menor que o número de indivíduos amostrados para todas as populações, havendo a necessidade da preservação de áreas maiores do que as de coleta para que a diversidade genética seja mantida ao longo das gerações, principalmente devido à presença de alelos privados e raros dentro das espécies avaliadas. Population knowledge is fundamental for species to be conserved, managed and protected. Studies on genetic diversity and population structure of plants such as Amazonian bamboos (Guadua) provide subsidies for species conservation both in situ and ex situ. Native plants such as bamboos are an important component in the forest context, forming unique ecosystems, little studied, that shelter many living species related to them and can also be used economically for various purposes. This work aimed to study the genetic diversity and population structure of four populations (P1, P2, P3 and P4) of Guadua aff. chaparensis, located in the municipalities of Bujari and Sena Madureira, and a population (P5) Guadua aff. lynnclarkiae, located in the municipality of Porto Acre, in the South-Western region of the Brazilian Amazon. A total of 350 individuals were collected for the two species under study. Genetic analyzes were performed using 10 microsatellite markers (SSR), through transferability. The population structure was evaluated for the two species based on the density, distribution, diameter and number of stems of individuals within the populations, and genetic parameters for conservation were also calculated. Genetic analyzes revealed 169 alleles for the populations of G. aff. chaparensis and 40 alleles for the G. aff. lynnclarkiae. The expected heterozygosity (He) among species ranged from 0.54 to G. aff. chaparensis (P3) at 0.46 for G. aff. lynnclarkiae (P5). The values of observed heterozygosity (Ho)for the species G. aff. chaparensis ranged from 0.50 to 0.36. the species G. aff. lynnclarkiae the Ho was 0.38. The populations did not present significant values of inbreeding (f). The species presented a significant spatial genetic structure, revealing high genetic similarity to the nearest individuals. Clonal individuals were identified for both species. The populations of the evaluated species showed low genetic similarity (K 5) according to the Structure program. High genetic divergence (Gst of 0.46) was detected among the populations of species G.aff. chaparensis and an apparent gene flow of one individual every two generations. The density of clumps per hectare ranged from 0.70 to 8 clumps.ha-1 for G. aff. chaparensis and from 43.4 clumps.ha-1 to G. aff. lynnclarkiae. The species presented low similarity based on the diameter and number of stems. The majority of individuals presented an aggregate type distribution. The populations studied did not present a genetic bottleneck. The effective population size was smaller than the number of individuals sampled for all populations. There is a need to preserve larger areas of collection so that genetic diversity is maintained throughout the generations, mainly due to the presence of private alleles and within the evaluated species.
Thesagro: Melhoramento Genético Vegetal
Bambu
Variação Genética
Levantamento Populacional
Endogamia
Programa de Computador
Análise Comparativa
NAL Thesaurus: Plant breeding
Bamboos
Guadua
Genetic variation
Current Population Survey
Inbreeding
Heterozygosity
Genetic similarity
Computer software
Computer analysis
Data Created: 2019-06-26
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
26803.pdf5,59 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace