Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/189514
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2008
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: CARVALHO FILHO, M. R. de
Title: Trichoderma spp. como agentes de biocontrole de Cylindrocladium scoparium e como promotores de crescimento em mudas de eucalipto.
Publisher: 2008.
Pages: 74 f.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado em Fitopatologia) - Instituto de Ciências Biológicas, Universidade de Brasília, Brasília, DF. Orientadora: Sueli Correa Marques de Mello, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.
Description: Um breve levantamento de patógenos foliares em área de produção comercial de mudas de euca1ipto em um viveiro comercial de eucalipto no município de Luziânia (G0) revelou a ocorrência de cinco patógenos: C. scoparium, P/eospora sp., Hainesia sp., Pesta/otiopsis sp. e Rhizoctonia so/ani (Capítulo I). Dentre esses patógenos de eucalipto (Euca/yptus sp.), destaca-se a mancha foliar causada pelo Cylindrocladium spp. Morgam (Teleomorfo: Ca/onectria sp. De Not). Esta enfermidade é especialmente importante em viveiros para a produção de mudas de eucaliptos, especialmente na clonagem de híbridos da espécie. O controle da doença tem sido baseado, principalmente, no tratamento das plantas com a aplicação de fungicidas em todos os estágios da clonagem do eucalipto. No capitulo II, foram testados os meios de cultura líquidas SG (Sacarose-Glicose), BD (Batata-Dextrose) e SDY (Extrato de levedura) para a produção de esporos de C. scoparium. O meio liquido SG possibilitou a produção de conídios dos dois isolados do patógeno que se mostraram infectivos em folhas de euca1ipto. Para elaborar um programa de controle biológico contra doenças de plantas, é necessária seleção de antagonistas bem adaptados com alto grau de controle contra os fitopatógenos e, preferencialmente, que promovam o crescimento e enraizamento das miniestacas. Neste trabalho foram selecionados cinco isolados de Trichoderma por meio de testes in vitro e in vivo, foi avaliado o controle biológico de dois isolados de Cylindrocladium scoparium em folhas destacadas, a habilidade dos isolados do antagonista como produtores do hormônio de crescimento ácido Indolacético (AIA) e quanto à capacidade de colonização endofItica, em mudas de clones híbridos (G-100) de eucalipto. Estudou-se a promoção de crescimento e enraizamento de mudas de Euca/yptus urophillla obtidas por sementes e no híbrido G-100 (Euca/yptus grandis x Euca/yptus urophilla) obtido por clonagem. Também foi estudada a capacidade de esporulação dos isolados de Trichoderma em dois substratos sólidos: grãos de arroz parboilizado de milheto. Os experimentos in vitro consistiram em pareamento de colônias e exposição do patógeno a metabólitos volâteis e não volâteis produzidos por Trichoderma spp. Observaram-se alterações morfológicas em hifas e inibição no crescimento micelial de C. scoparium. Em folhas destacadas de eucalipto, os cinco isolados de Trichoderma conferiram proteção contra a doença, sendo que o isolado CEN 517 de C. scoparium mostrou-se mais agressivo comparado ao CEN 494 de C. scoparium, quando quantificados os níveis de incidência da mancha foliar. Os dados obtidos na esporulação dos antagonistas em arroz parboilizado e milheto revelaram grande variação entre esses isolados. O isolado CEN 262 (T. harzianum) apresentou maior produção de esporos em ambos os substratos, aos 07 e 11 dias de incubação (capítulo 111). Nos experimentos para a avaliação da promoção de crescimento, utilizando cinco isolados de Trichoderma selecionados nos ensaios de laboratório, o isolado CEN 262 apresentou um incremento significativo da matéria seca das raízes, da parte aérea e da altura das mudas. ln vitro, constatou-se a produção de AIA pelos seguintes isolados: CEN 209, CEN 500 e CEN 262. O isolado CEN 262 apresentou concentração do hormônio 19 vezes maior que o CEN 209. Os isolados CEN 162, CEN 262, CEN 498 demonstraram capacidade de colonizar raízes de eucalipto (capítulo IV).
Thesagro: Conídio
Cylindrocladium Scoparium
Eucalipto
Trichoderma.
Data Created: 2008-07-01
Appears in Collections:Tese/dissertação (CENARGEN)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008MagnoRodriguesDeCFilho.pdf3,68 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace