Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1006367
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Agrossilvipastoril - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 21-Jan-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: HOLSCHUCH, S. G.
GOMES, F. J.
CAVALLI, J.
JORGE, Y. R.
MATIERO, S. C.
PEREIRA, D. H.
CARNEVALLI, R. A.
PEDREIRA, B. C. e
Informaçães Adicionais: SOLANGE GARCIA HOLSCHUCH, UFMT; FAGNER JUNIOR GOMES, UFMT; JOSIANA CAVALLI, UFMT; YURI ROBERTO JORGE, UFMT; SUELLEN CHIQUITO MATIERO, UFMT; DALTON HENRIQUE PEREIRA, UFMT; ROBERTA APARECIDA CARNEVALLI, CPAMT; BRUNO CARNEIRO E PEDREIRA, CPAMT.
Título: Características estruturais de capim marandu em pastagem a pleno sol e em silvipastoril
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 9., 2014, Ilhéus. Produção animal: novas diretrizes. Ilhéus: SNPA, 2014. 3 f. CNPA 2014
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Ângulos foliar
Conteúdo: A avaliação das características estruturais em sistemas que proporcionam quantidades parciais de sombra como em sistemas Silvipastoris tem sido uma necessidade. O objetivo foi avaliar características estruturais do capim Marandu (Brachiaria brizantha cv. Marandu) em sistemas silvipastoril e a pleno sol, com corte a cada 28 dias. O experimento foi conduzido em área experimental da Embrapa Agrossilvipastoril, localizada no município de Sinop ? MT. Durante os 115 dias do período experimental (novembro de 2013 a Fevereiro de 2014), as medições de altura, interceptação luminosa (IL), índice de área foliar (IAF) e ângulo da folhagem (ANG) foram realizadas. Os sistemas de produção (silvipastoril e a pleno sol) apresentaram IAF (P=0,1006) e altura do dossel em pré-pastejo (P=0,9133) semelhantes, com valores médios de IAF e altura de 3,98 e 27,89 cm, respectivamente. Os ângulos da folhagem não variaram (P=0,42) nos sistemas avaliados apresentaram um valor médio de 39,75º com IL de 94,8% (P=0,1570). Na condição pós -corte, as características estruturais avaliadas IL, altura, IAF e ANG não variaram (P=0,8598, 0,9133, 0,8128 e 0,2329, respectivamente) para os sistemas avaliados. A altura pós-corte foi, em média, de 12,9 cm, com um IAF médio de 2,08 e ângulo da folhagem de 43,8º e IL de 75,9%. Pastagens de capim Marandu em Sistemas Silvipastoris, com renques espaçados de 30 metros e árvores com 9 metros de altura, apresentam características estruturais de dossel semelhantes ao sistema em pleno sol.
Thesagro: Capim
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAMT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
cpamt2014pedreiraestruturacapimmarandupastagemsolsilvipastoril.pdf276,53 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace