Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1006541
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 23-Jan-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SILVA, A. M.
VIECELLI, M. P.
TERAO, D.
Informaçães Adicionais: ADRIANA MARIA DA SILVA, FAJ; MONICA PIROLI VIECELLI, FAJ; DANIEL TERAO, CNPMA.
Título: Estudo de mecanismos usados por leveduras no biocontrole de fitopatógenos causadores de doenças pós-colheita de frutas.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 8., 2014, Campinas. Anais... Campinas: Instituto Agronômico, 2014. RE Nº 14411.
Páginas: 7 p.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Patologia pós-colheita
Postharvest.
Conteúdo: Muitos produtores ainda utilizam agrotóxicos no tratamento pós-colheita, provocando a contaminação química da fruta e colocando em risco a saúde da população. O controle biológico é um método alternativo que não deixa resíduos tóxicos. O presente trabalho teve como objetivo estudar os mecanismos de ação envolvidos no biocontrole das leveduras: Sporodiobolus pararoseus, Pichia spp, Pichia membranifaciens, Pichia guilliermondii, Sporobolomyces roseus, Debaryomyces hansenii e Rhodotorula mucilagenosa, sobre o crescimento micelial de Penicillium digitatum de citros e de Fusarium pallidoroseum de melão. Nos estudos de voláteis foram usadas placas bipartidas contendo BDA e colocado em um dos lados a suspensão de levedura e no outro, disco de micélio do fungo. Para avaliação da capacidade de inibição ao crescimento foram realizados dois experimentos. No primeiro, espalhou-se em placas contendo o meio BDA a suspensão com um fungo e após a superfície seca foram adicionados discos estéreis de papel de filtro, previamente imersos em suspensão de leveduras. No segundo experimento, depositou-se em uma extremidade da placa um disco de micélio e no outro lado fizeram-se riscos paralelos com a suspensão da levedura, da borda da placa até o centro. Em ambos os testes as placas foram fechadas e mantidas em BOD a 25 ± 2 oC sob fotoperíodo de 12 h, avaliando-se, diariamente, o crescimento da colônia. Observou-se que, para todas as combinações de fungos e leveduras avaliadas, compostos voláteis não estão envolvidos no biocontrole. Nos estudos sobre antibiose e competição, observou-se que, ao invés do halo de inibição, formou-se, ao redor dos discos embebidos com as leveduras, uma zona de crescimento, que impedia o desenvolvimento dos fungos, diferindo significativamente da testemunha. De maneira similar, os fungos não conseguiram crescer entre os riscos de leveduras e nas proximidades deles, destacando-se a levedura S. roseus. Sugere-se que os principais mecanismos envolvidos no biocontrole das espécies de leveduras avaliadas são: a antibiose e a competição por nutrientes. Abstract: Many producers still use pesticides on post-harvest treatment, causing chemical contamination of fruit and endangering the health of the population. Biological control is an alternative method that leaves no toxic residues. The present work aimed to study the mechanisms of action involved in biocontrol of yeasts: Sporodiobolus pararoseus, Pichia membranifaciens Pichia spp, Pichia guilliermondii, Debaryomyces hansenii and Rhodotorula mucilagenosa, against mycelial growth of Penicillium digitatum of citrus and Fusarium pallidoroseum of melon. On the study of volatile, split Petri dishes containing PDA medium were used, placing on one side the suspension of yeast and fungus mycelium disc on the other side. About antibiosis and competition were carried out two experiments. In the first one, it was spread on Petri dishes, containing the PDA medium, the suspension of the fungus and after the surface was dried, sterile filter paper disks, previously immersed in the suspension of yeast were added. In the second experiment, it was placed on one side of the Petri dishes a mycelium disk and on the other side, parallel risks with the yeast suspension were done, from the edge of the dish to the center. In both tests, the Petri dishes were sealed and kept in BOD to 25 ± 2° C under photoperiod of 12h, evaluating daily the mycelium growth. It was observed that, for all combinations of fungi and yeasts evaluated, the emission of gases probably was not the mechanism involved in biocontrol. About the studies of antibiosis and competition, it was observed that instead of inhibition halo there was a growing zone of yeasts around the disks soaked with them where the fungi did not developed, differing significantly from the control. Similarly, fungi failed to grow between the risks of yeast and near them, especially the yeast S. roseus. It can be suggested that the main mechanisms involved in biocontrol species of evaluated yeasts are antibiosis and competition for nutrients.
Thesagro: Controle biológico
Laranja
Melão
Doença de planta
Pós-colheita
NAL Thesaurus: Plant diseases and disorders
Oranges
Melons
Biological control.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014AA25.pdf347,39 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace