Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1007466
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Milho e Sorgo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 2-Fev-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SILVA, R. B.
CRUZ, I.
PENTEADO-DIAS, A. M.
Informaçães Adicionais: IVAN CRUZ, CNPMS.
Título: First report of Dolichozele koebelei Viereck, 1911 (Hymenoptera: Braconidae) on larvae of Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) in maize (Zea mays L.) under different cropping systems.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: Brazilian Journal of Biology, São Carlos, v. 74, n. 3, p. S218-S222, 2014.
Idioma: pt_BR
Notas: Suplemento.
Palavras-chave: Agroecossistema
Lagarta-do-cartucho
Parasitoide
Macrocentrinae
Conteúdo: No contexto agrícola moderno, o controle de pragas é importante para se obter aumento de produtividade na cultura do milho (Zea mays L.). No entanto, esse controle deve ser feito racionalmente, e deve priorizar métodos ambientalmente mais seguros, como o controle biológico. Este trabalho teve como objetivo relatar a ocorrência de Dolichozele koebelei Viereck, 1911 (Hymenoptera: Braconidae) em larvas de Spodoptera frugiperda (J. E. Smith, 1797) (Lepidoptera: Noctuidae) coletadas em milho sob diferentes formas de cultivo. O experimento foi conduzido no Centro Nacional de Pesquisa de Milho e Sorgo (CNPMS) em Sete Lagoas, Minas Gerais, Brasil, em áreas de produção orgânica e convencional. Durante todo o ciclo do milho (cultivar BR 106), três vezes por semana, foram amostradas em cada uma das 24 parcelas, 10 plantas, que foram avaliadas no laboratório. As larvas encontradas foram distribuídas individualmente em recipientes de criação com dieta artificial até o final do ciclo biológico. Maior número de larvas de S. frugiperda foi obtido no milho orgânico solteiro, com maior percentual de larvas de S. frugiperda parasitadas por Hymenoptera ou Diptera. Dolichozele koebelei ainda não havia sido descrita em associação com larvas de S. frugiperda. De uma forma geral nos dois experimentos o percentual de larvas de S. frugiperda parasitadas, foi alto, indicando a importância dos agentes de controle natural na redução da densidade populacional de S. frugiperda e, principalmente, a importância do manejo adequado da cultura do milho.
Thesagro: Controle biológico
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPMS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Firstreport.pdf1,64 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace