Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/100942
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 13-Dez-1999
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: FERNANDES, M.F.
BARRETO, A.C.
EMIDIO FILHO, J.
Informaçães Adicionais: CPATC
Título: Fitomassa de adubos verdes e controle de plantas daninhas em diferentes densidades populacionais de leguminosas.
Edição: 1999
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.9, p.1593-600, set. 1999.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Culturas de cobertura
Manejo do solo
Competicao
Agricultura sustentavel
Cover crop
Soil manajement
Competition
Sustainable agriculture
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a fitomassa de calopogonio, mucuna-preta, mucuna-rajada, feijao-de-porco, guandu de porte alto, Crotalaria spectabilis e C. breviflora sob diferentes densidades de semeadura (10, 20, 40, 80 e 160 sementes viaveis m-2), e o crescimento de plantas daninhas nessas densidades, em area de tabuleiros costeiros. O experimento foi desenvolvido de maio a agosto de 1996, no Campo Experimental "Antonio Martins" (EMDAGRO/Embrapa-CPATC), em Lagarto, SE. O numero de plantas vivas na floracao (NPVF) e a materia seca da parte aerea das leguminosas (MSPA) foram determinados quando, em cada especie, cerca de 50% das plantas floresceram. Maiores incrementos de MSPA, em resposta ao adensamento populacional, foram observados em C. spectabilis e C. breviflora, seguidas pelo calopogonio, mucuna-preta e mucuna-rajada. Em relacao ao feijao-de-porco, a resposta foi negativa, enquanto com o guandu nao houve influencia. Quanto ao NPVF, as respostas ao adensamento foram lineares e positivas em C. spectabilis, C. breviflora e calopogonio, e quadraticas com ponto de maxima em feijao-de-porco, guandu e mucuna-rajada. Embora nenhum modelo tenha sido ajustado para expressar a relacao entre NPVF e adensamento na semeadura de mucuna-preta, a sobrevivencia dessa especie foi reduzida em todas as densidades. Maiores inibicoes de plantas daninhas ocorreram nas parcelas de mucuna-preta e feijao-de-porco.
Ano de Publicação: 1999
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PAB97299.pdf80,24 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace