Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/101045
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 5-Jan-2000
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: BRITO, L.T. de L.
COSTA, N.D.
SOARES, J.M.
FARIA, C.M.B. de
RESENDE, G.M.
Informaçães Adicionais: CPATSA
Título: Fontes e metodos de aplicacao de fosforo na cultura do melao.
Edição: 1999
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.34, n.10, p.1969-74, out. 1999.
Idioma: pt_BR
Notas: Notas Cientificas
Conteúdo: Em Petrolina, PE, foi realizado um estudo com a cultura do melao (Cucumis melo L.), cultivar Valenciano Amarelo, num Latossolo Vermelho-Amarelo, com o objetivo de avaliar o efeito de fontes de fosforo aplicadas convencionalmente (em fundacao) e via agua de irrigacao. O experimento consistiu de cinco tratamentos: 1. superfosfato simpes; 2. MAP (fosfato monoamonico), aplicados pelo metodo convencional (em fundacao); 3. MAP aplicado ate 15 dias apos a germinacao; 4. MAP aplicado ate 30 dias apos a germinacao e 5. MAP aplicado ate 42 dias apos a germinacao. Nos tratamentos 3, 4 e 5 o MAP foi aplicado via agua de irrigacao. Os tratamentos receberam a mesma dosagem de fosforo (120 kg/ha de P2O5), conforme recomendado pela analise de solo. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com quatro repeticoes. Constatou-se que as maiores produtividades de frutos comerciais foram obtidas com MAP (27,42 t/ha) e com superfosfato simples (25,96 t/ha) aplicados pelo metodo convencional, nao diferindo do MAP aplicado via agua de irrigacao ate 30 e 42 dias apos a germinacao, mas superando a produtividade de 19,47 t/ha obtida com o MAP aplicado via agua de irrigacao ate 15 dias apos a germinacao. Verificou-se que as fontes de fosforo e os modos de aplicacao nao influenciaram no peso medio dos frutos (1,86 kg/fruto) - 89,40% dos frutos obtidos enquadraram-se nos tipos 6 e 8 - e no teor de solidos soluveis nos frutos por ocasiao da colheita, cujos valores oscilaram entre 12,75 e 13,17 Brix.
Ano de Publicação: 1999
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pab97262.pdf74,31 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace