Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1022990
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 31-Ago-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: FRITZSONS, E.
WREGE, M. S.
MANTOVANI, L. E.
Informaçães Adicionais: ELENICE FRITZSONS, CNPF; MARCOS SILVEIRA WREGE, CNPF; Luiz Eduardo Mantovani, UFPR.
Título: Altitude e temperatura: estudo do gradiente térmico no Rio Grande do Sul.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Climatologia, Curitiba, ano 11, v. 16, p. 108-119, jan./jul. 2015.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Gradiente térmico
Análise de agrupamento
Região sul da América do Sul.
Conteúdo: A relação da altitude com a temperatura assume especial importância para as regiões tropicais e subtropicais, pois diferenças de algumas centenas de metros de altitude podem significar mudanças sensíveis no ambiente, na adaptação da biota e sucesso do cultivo agrícola. A temperatura do ar sofre alterações com a altitude, latitude e longitude, em geral, nesta ordem de importância. Em função do relevo e do posicionamento geográfico, cada local apresenta um gradiente térmico vertical médio específico. Neste trabalho, o estado do Rio Grande do Sul foi dividido em grupos climáticos homogêneos, pela análise de agrupamento, e foram compostas análises de correlação entre a temperatura média das quatro estações do ano e média anual, com as respectivas altitudes das estações meteorológicas dos grupos. Foram utilizadas 36 estações meteorológicas. A correlação da altitude com a temperatura média anual do verão foi mais forte comparada à temperatura média do inverno. Para os coeficientes de correlação mais elevados, foram obtidas retas de regressão linear simples e os respectivos coeficientes de determinação das retas. O gradiente térmico médio obtido para o conjunto de todas as estações meteorológicas foi de, aproximadamente, 0,75 oC a cada 100 metros de altitude e para o grupo das estações meteorológicas presentes na Serra do Nordeste do estado foi de 0,9 oC.
Thesagro: Clima.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015EleniceRBCAltitude.pdf656,05 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace