Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1035960
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 2-Fev-2016
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: COSTA, C. A. F. da
ACUÑA, M. H. A.
OLIVEIRA, M. V. N. d'.
OLIVEIRA, L. C. de
Informaçães Adicionais: Carlos Alberto Franco da Costa, Ufac; Mário Humberto Aravena Acuña, Ufac; MARCUS VINICIO NEVES D OLIVEIRA, CPAF-AC; LUIS CLAUDIO DE OLIVEIRA, CPAF-AC.
Título: Análise ecointegradora do manejo florestal sustentável de estoques madeireiros na Amazônia sul ocidental - Brasil.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: ENCONTRO NACIONAL DA ECOECO, 11., 2015, Araraquara. Aplicações da economia ecológica nas políticas latino-americanas: anais eletrônicos. Araraquara: Ecoeco; Unesp, 2015. Disponível em: <http://www.ecoeco.org.br/publicacoes/encontros/318-xi-encontro-nacional-ecoeco-araraquarasp-2015#1>.
Páginas: 5 p.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Recursos florestais
Manejo florestal sustentável
Guadua spp
Economia ecológica
Amazônia Sul Ocidental
Conteúdo: O presente trabalho propõe uma modelagem de interpretação transdisciplinar, sob a visão da economia ecológica e do enfoque ecointegrador proposto por Naredo (1987), aplicado nos resultados dos limites físicos dos monitoramentos florestais efetuados pela EMBRAPA do Estado do Acre, em estoques madeireiros de uma área de Floresta Ombrófila Aberta com presença de espécies de Guadua spp. na Amazônia Sul Ocidental do Brasil. O método aplicado oferece maiores opções de compreensão para a gestão florestal na Amazônia, através de uma visão financeira da evolução das taxas efetivas dos estoques ao longo do tempo. A determinação do ponto de equilíbrio monetário (PEM) e das análises dos índices de mercado da atividade permitem o entendimento bioeconômico e financeiro, isento da arbitragem de taxas de desconto futuras em cenários incertos e utilizando somente variáveis ecológicas e econômicas conhecidas. O modelo pode ser aplicado a qualquer momento, entre os ciclos de corte da operação florestal e confirma a necessidade da prática do monitoramento de florestas tropicais para acompanhar os efeitos antrópicos da exploração, efeitos dos fenômenos extremos provocados pelas mudanças climáticas e a evolução dos estoques do capital natural.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
25908.pdf228,93 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace