Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/103660
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 11-Mai-2001
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: PAIVA, E.A.S. e
MORAIS, H.C. de
ISAIAS, R.M. dos S.
ROCHA, D.M.S. de
OLIVEIRA, P.E.
Título: Ocurrence and structure of extrafloral nectaries in Pterodon pubescens Benth. and Pterodon polygalaeflorus Benth.
Edição: 2001
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.36, n.2, p.219-224, fev.2001.
Idioma: en
Palavras-chave: Nectarios
Nectar
Nectaries
Conteúdo: Nectários extraflorais (NEFs) sao estruturalmente variaveis e de ampla ocorrencia entre as angiospermas. A ocorrencia dos NEFs nas folhas de Pterodon polygalaeflorus Benth. e Pterodon pubescens Benth. (Fabaceae: Papilionoideae) foi detectada em espécimes adultas, durante a producao de novas gemas e flores. Os objetivos deste estudo foram registrar a ocorrência de NEFs em P. pubescens e P. polygalaeflorus, e fornecer dados comparativos sobre a estrutura anatomica destas estruturas. Os NEFs ocorrem na raque e estao localizados sob a insercao de cada peciolulo. Cada nectario consiste de uma pequena elevacao cuja porcao apical é fortemente invaginada, resultando em uma depressao (o pólo secretor), caracteristica comum a ambas as especies. Tricomas tectores unicelulares ocorrem ao longo da raque, sendo menos numerosos em P. polygalaeflorus, enquanto em P. pubescens eles cobrem todo o NEF. O tecido secretor consiste de celulas parenquimaticas com citoplasma denso. O nectar alcanca a superfície dos NEFs pela ruptura da fina cuticula que cobre o polo secretor, uma vez que ambas as especies nao apresentam estomatos ou qualquer outra interrupcao da epiderme neste local. A diferenca basica entre as duas especies, em relacao aos NEFs, e a densidade da pubescência, que e sempre maior em P. pubescens. Modificacoes estruturais e de dimensoes podem ser observadas ate mesmo entre os nectarios basais e apicais de uma mesma raque, e portanto tais modificacoes nao apresentam valor taxonomico.
Ano de Publicação: 2001
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pab99174.pdf337,34 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace