Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1038072
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Gestão Territorial - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 22-Fev-2016
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: MELLO, L. M. R. de
MACHADO, C. A. E.
FARIAS, A. R.
SILVA, S. M. R da
GUZZO, L. C.
ZANESCO, R.
Informaçães Adicionais: LOIVA MARIA RIBEIRO DE MELLO, CNPUV; CARLOS ALBERTO ELY MACHADO, CNPUV; ANDRE RODRIGO FARIAS, SGTE.
Título: Denominação de Origem Vale dos Vinhedos: base de dados do cadastro vitícola.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Anais do XV Congresso Latino-Americano de Viticultura. Bento Gonçalves: Associação Brasileira de Enologia, 2015. v. 1. p. 171-171.
Páginas: p. 171
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Vitivinícola
Vinhedo.
Conteúdo: O Registro de Denominação de Origem (IG 201008) do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), foi obtido pela Aprovale em 25 de outubro de 2012. Possui uma área delimitada de 72,45 Km², sendo 61,07% pertencentes ao município de Bento Gonçalves, 33,49% ao município de Garibaldi e 5,44% ao município de Monte Belo do Sul. Na área da D.O. 481 propriedades são produtoras de uvas e cultivaram 1.840.25 ha de videiras, em 2013. Cada propriedade ocupou, em média, 3,83 ha com videiras. Mais de um quarto das propriedades possuem menos de um hectare e videiras o que equivale a 8,75% da área total cultivada. As cultivares autorizadas para a produção de produtos da D.O. somam 379,87 ha de vinhedos que produziram 4.385,72 t de uvas em 2013. A cultivar Merlot representante da identidade dos vinhos tintos da D.O. possui 36,41% da área das cultivares autorizadas e a cultivar Chardonnay, representante da identidade dos vinhos brancos, ocupa 16,64% da área. A cultivar Pinot Noir, usada para espumantes, possui 9,98 ha. As demais variedades tintas, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Tannat ocupam áreas de 10,72 ha, 10,94 ha e 17,43 ha, respectivamente. O porta-enxerto mais usado é o Paulsen 1103, representando 80,11% da área em vinhedos com idade média de 10,09 anos. Os porta-enxertos Solferino, 10-144, SO4 e Kobber 5BB, representaram em 2013, 6,57%, 4,94%, 3,15% e 2,37%, da área, respectivamente. Dentre os vinhedos das cultivares autorizadas somente 172,03 ha são conduzidos no sistema de condução espaldeira, o único permitido para elaboração de vinhos da D.O. representando 45,29% da área e 31,70% da produção. Assim, as áreas das cultivares candidatas à obtenção do selo fica: Merlot (61,75 ha), Cabernet Franc (0,38 ha), Cabernet Sauvignon (34,96 ha), Tannat (4,27 ha), Chardonnay (45,56 ha), Riesling Itálico (5,65 ha) e Pinot Noir (19,44 ha).
Thesagro: Vinho.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (SGTE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015DenominacaoOrigemValeVinhedos.pdf98,7 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace