Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/103928
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 12-Set-2001
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: ARAUJO, E. F.
CORREA, P. C.
SILVA, R. F. da
Título: Comparacao de modelos matematicos para descricao das curvas de dessorcao de sementes de milho-doce.
Edição: 2001
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.36, n.7, p.991-95, jul. 2001.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Atividade da agua
Higroscopicidade
Moisture content.
Conteúdo: Este trabalho teve como objetivo determinar as curvas de dessorção das sementes de milho-doce (Zea mays L.), cultivares Superdoce e Doce Cristal, e ajustar diferentes modelos matemáticos aos dados obtidos. As sementes das duas cultivares foram submetidas à dessorção em diversos níveis de temperatura (30, 40, 50 e 60oC), combinados com diferentes umidades relativas do ar (30, 40, 50 e 60%), até atingirem a umidade de equilíbrio. Os seguintes modelos matemáticos foram ajustados por análise de regressão: Henderson-Thompson, Chung-Pfost, Copace, Sigma-Copace, Sabbah e Smith. As sementes das duas cultivares apresentaram umidades de equilíbrio higroscópico semelhantes. Os valores da variância explicada e do desvio-padrão, bem como a distribuição dos resíduos, das duas cultivares, indicam que as equações de Chung-Pfost, Sabbah e Smith foram as que melhor se ajustaram aos dados experimentais, com pequena superioridade da primeira.
Thesagro: Teor de Umidade
Zea Mays.
NAL Thesaurus: hygroscopicity
water activity.
Ano de Publicação: 2001
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pab0991.pdf316,26 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace