Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1040299
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SANTOS, J. C. F.
CUNHA, A. J. da
FERREIRA, F. A.
SANTOS, R. H. S.
SAKIYAMA, N. S.
Additional Information: JULIO CESAR FREITAS SANTOS, SAPC; AQUILES JUNIOR DA CUNHA, UNICERP; FRANCISCO AFFONSO FERREIRA, UFV; RICARDO HENRIQUE SILVA SANTOS, UFV; NEY SUSSUMU SAKIYAMA, UFV.
Title: Fitossociologia de plantas daninhas do café do cerrado no cultivo intercalar de leguminosa.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 9., 2015, Curitiba. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2015.
Language: pt_BR
Keywords: Fitossociologia
Planta daninha
Coberutra do solo.
Description: O estudo fitossociológico e manejo alternativo de controle das plantas daninhas da cultura do café contribuem para minimizar os impactos ambientais e reduzir os custos de produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da cobertura do solo com leguminosas perenes na fitossociologia das plantas daninhas em cafezal submetido ao cultivo intercalar. O experimento foi conduzido por dois anos numa lavoura de café Catuaí plantada no espaçamento de 3,80 x 0,70 m. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com quatro repetições. Os 10 tratamentos testados em esquema fatorial 4 x 2 + 2, foram constituídos de quatro leguminosas: amendoim-forrageiro (Arachis pintoi), java hybrid ( Macrotyloma axillare), soja perene (Neonotonia wightii) e calopogônio (Calopogonium mucunoides); duas formas de plantio nas entrelinhas do cafezal com duas e três linhas de leguminosas espaçadas 0,50 e 0,25 m, respectivamente; e dois tratamentos adicionais sendo uma capina manual com enxada e um controle químico com glyphosate. Os maiores índices de valor de importância das plantas daninhas no cafezal no primeiro ano foram as espécies Bidens pilosa, seguida de Eleusine indica e Amaranthus hybridus, e no segundo ano, as espécies Digitaria horizontalis seguida de Spermacoce latifolae Bidens pilosa. Houve maior predominância de plantas de ciclo anual, crescimento ereto e folha larga, prevalecendo as espécies dicotiledôneas de plantas daninhas dicotiledôneas do grupo C3. A fitossociologia das plantas daninhas nos mostra a dinâmica e a característica populacional de infestação na cafeicultura, sendo imprescindível para detectar limitações e definir estratégia de manejo
Thesagro: Leguminosa
Coffea Arábica.
NAL Thesaurus: Legumes
Cover crops
Phytosociology
Weeds.
Data Created: 2016-03-09
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fitossociologiadeplantas.pdf323,01 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace