Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/104110
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 10-Jan-1997
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: MATTIUZ, B.-H.
FACHINELLO, J. C.
Título: Enraizamento de estacas de kiwi Actinidia deliciosa (A. Chev.) C.f. Liang & A.R. Ferguson var. deliciosa.
Edição: 1996
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.31, n.7, p.503-508, jul. 1996.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Indolbutyric acid.
Conteúdo: O kiwi e um frutifera exotica, originaria do sudeste da China, pertencente a familia Actinidiaceae. Em virtude de sua potencialidade de mercado e produtividade elevadas, o kiwi vem despertando muito interesse entre os fruticultures brasileiros. O presente trabalho foi conduzido no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Pelotas, com o objetivo de verificar o efeito do acido indolbutirico (AIB) no enraizamento de estacas de duas cultivares de kiwi, em diferentes epocas de coleta do material. Foram utilizadas estacas que possuiam duas gemas, medindo aproximadamente 12,5 cm de comprimento e 8,5 mm de diametro, provenientes das cultivares Tomuri e Bruno, coletadas durante os meses de janeiro, abril e julho de 1994. A base das estacas foi imersa em solucoes de AIB, nas concentracoes de: 0,2.000, 4.000, 6.000 e 8.000 ppm. Posteriormente, o material foi colocado em sacos de polietileno que continham areia como substrato. Nos meses de janeiro e abril, o material permaneceu em ambiente com sistema de nebulizacao intermitente e, em julho, no telado, por um periodo de 60 dias. O enraizamento foi de 56,62% para a cultivar Tomuri e 47,35% para a cultivar Bruno, com a concentracao de 8.000 ppm de AIB. A coleta das estacas nos meses de janeiro a abril propiciou os maiores percentuais de estacas enraizadas, numero de raizes por estaca, comprimento e peso da materia seca das raizes. As cultivares Bruno e Tomuri apresentaram comportamento semelhante em todas as variaveis estudadas, nas tres epocas.
Thesagro: Ácido Indolbutírico
Propagação Vegetativa.
NAL Thesaurus: vegetative propagation.
Ano de Publicação: 1996
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pab9606jul.pdf646,12 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace