Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/105165
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 21-Jul-2000
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: AZEVEDO, D.M.P. de
BELTRAO, N.E. de M.
NOBREGA, L.B. da
SANTOS, J.W. dos
VIEIRA, D.J.
Título: Periodo Critico de Competicao Entre Plantas Daninhas e o Algodoeiro Anual Irrigado.
Edição: 1994
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.29, n.9, p.1417-1425. set. 1994
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Gossypium hirsutum
Capinas
Conteúdo: Um ensaio de campo foi conduzido no Município de Boa Ventura, PB, em 1986, com o objetivo de investigar o efeito de espaçamentos no período crítico de competição entre as plantas daninhas e o algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L.r. latifolium Hutch.). A análise dos dados permite verificar que 1) a convivência com as plantas daninhas pelo período de 20 dias após a emergência não alterou consistentemente o rendimento do algodoeiro; 2) o algodoeiro, nos perío-dos de 40, 60 e 80 dias livres da competição das plantas daninhas, foi mais produtivo que quando "livre de competição" por todo o ciclo; 3) quanto mais largo o espaçamento entre fileiras, mais amplo foi o período crítico de competição (30 dias) com as ervas daninhas, além de o processo se iniciar mais cedo (16 dias após a emergência); e 4) quanto mais estreito o espaçamento entre filei-ras, mais curta a duração do período crítico (12 dias), iniciando-se mais tardiamente (28 dias após a emergência), quando a planta do algodão (já no estágio vegetativo) é mais resistente à interferência das espécies daninhas.
Ano de Publicação: 1994
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pab13set94.pdf410,36 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace