Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1055588
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Café - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: CARLI, J. de
BOMFIM, G. D.
REIS, A. M.
BUENO, I. F.
FERNANDES, B. S.
OLIVEIRA, T. N.
BORATO, B. B.
CARVALHO, C. H. S. de
PAIVA, A. C. R. S.
ANGELO, P. C. da S.
Additional Information: JULIANO DE CARLI, Bolsita SAPC/Embrapa Café; GABRIELA D. BONFIM, Estagiária na Fndação Procafé; ANDRÉ M. REIS, Bolsista SAPC/Embrapa Café; IRAN F. BUENO, Bolsista SAPC/Embrapa Café; BETEL S. FERNANDES, Bolsista SAPC/Embrapa Café; TAMIRIS N. OLIVEIRA, Bolsista SAPC/Embrapa Café; PALOMA B. BORATO, Bolsista SAPC/Embrapa Café; CARLOS HENRIQUE S DE CARVALHO, SAPC; ANA CAROLINA R. S. PAIVA, Fundação Procafé; PAULA CRISTINA DA SILVA ANGELO, SAPC.
Title: Morfometria de microestacas produzidas por vitroplantas de cafeeiro arabica aos dois e cinco meses após a indução de brotações.
Publisher: In: CONGRESSO NACIONAL DE BOTÂNICA, 67., 2016, Vitória, ES. Conectando diversidades, revelando o desconhecido: resumos. Brasília, DF: Sociedade Botânica do Brasil.
Language: pt_BR
Keywords: Microestaca
Description: A micropropagação de cafeeiros tem sido utilizada com propósitos experimentais e, em menor escala, com propósitos comerciais há algumas décadas. O tempo e os insumos utilizados encarecem mudas clonadas in vitro. O manejo das vitroplantas após a aclimatização pode amplificar os clones e contribuir para adequar o custo de produção à escala comercial. O objetivo deste trabalho foi analisar correlações entre características morfológicas de brotações induzidas em vitroplantas de cafeeiro, doses de ácido triiodobenzóico utilizadas para a indução e o número de nós das vitroplantas no momento da indução, aos três meses de aclimatização. As vitroplantas de cafeeiros Siriema clone 3 e de Catucaí 567, cultivares produtivas resistentes à ferrugem, foram geradas por embriogênese somática, seguindo o protocolo utilizado pelo Laboratório de Cultura de Tecidos da SAPC/Fundação Procafé, Varginha/MG. Passados três meses da transferência para casa de vegetação, sob cerca de 90% de umidade, as itroplantas foram decapitadas e aspergidas com soluções hidro-alcoólicas de TIBA a 200, 400 e 600 mg.L-1 ou apenas apenas decapitadas.
Thesagro: Micropropagação
Regulador de crescimento
Data Created: 2016-10-28
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (SAPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
morfometriademicroestacas.pdf344,96 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace