Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1059885
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: TAVARES, V. do N.
Additional Information: VALQUÍRIA DO NASCIMENTO TAVARES, UFRPE.
Title: Atributos físicos, químicos e estoque de carbono em Argissolo sob diferentes manejos na Zona da Mata de Pernambuco.
Publisher: 2016.
Pages: 91 f.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado em Engenharia Ambiental) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife. Orientador: Fernando Cartaxo Rolim Neto; Co-orientadores: Marcus Metri Corrêa; Roberto da Boa Viagem Parahyba, CNPS.
Keywords: Disponibilidade de nutrientes.
Description: A grande produção nacional de açúcar e álcool gera vários resíduos em seu processo produtivo. Entre estes resíduos está a vinhaça, a qual se não for bem gerenciada, pode causar sérios impactos ambientais. O objetivo desse trabalho foi avaliar mudanças nos atributos químicos, físicos e biológicos do solo cultivado com cana-de-açúcar. Para a aplicação da pesquisa foram utilizados quatro tipos de tratamentos compostos com vinhaça, colheita mecanizada, colheita com cana crua e irrigação suplementar, em quatro diferentes lotes, em três profundidades (0 - 20 cm, 20 - 40 cm e 40 - 60 cm) e com três repetições. Os solos utilizados foram classificados como Argissolos Vermelhos Amarelos Distróficos textura média, cultivados no campo produtivo da Usina Petribú no município de Paudalho - PE, com a variedade de cana-de-açúcar RB867515. Foram feitas coletas de amostras de solo, nas três profundidades, em trincheiras dispostas diagonalmente no lote, separadas por 10 linhas de cultivo de cana-de-açúcar. Os resultados das análises físicas, químicas e estoque de carbono foram submetidos à ANOVA e comparados pelo teste de Tukey utilizando-se o programa estatístico ASSISTAT 7.7 beta, em delineamento Inteiramente Casualizado, num esquema fatorial com três repetições, avaliando-se a ocorrência de interações entre tratamentos x profundidades. Para as análises biológicas foi feito uma descrição dos dados encontrados, comparando-se os diferentes tratamentos. Os tratamentos com vinhaça apresentaram os melhores resultados químicos. Sem aplicação de vinhaça ocorreu pH ácido e elevados teores de saturação por alumínio, ocasionando uma diminuição da disponibilidade de nutrientes para o solo. Em relação ao estoque de carbono no solo, os tratamentos não produziram diferenças significativas. Para os atributos físicos, os solos manejados com vinhaça mostraram-se mais compactos, destacando-se os tratamentos com colheita mecanizada. Para os atributos biológicos, os solos manejados com vinhaça apresentaram os melhores valores para a respiração basal do solo, porém não interferiu para o aumento de matéria seca no solo. Os solos tratados com vinhaça proporcionaram um aumento da produtividade, possivelmente em decorrência do aumento na disponibilidade de nutrientes.
Thesagro: Matéria Orgânica
Vinhaça.
Data Created: 2017-01-04
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DissertacaoVALQUIRIADONASCIMENTOTAVARES.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace