Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1061039
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Agroindústria de Alimentos - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 18-Jan-2017
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: BEZERRA, V. S.
AMARAL, I. A. do
DAMASCENO, L. F.
FREITAS-SILVA, O.
Informaçães Adicionais: VALERIA SALDANHA BEZERRA, CPAF-AP; INGRID ALMEIDA DO AMARAL, IFRJ; LEANDRO FERNANDES DAMASCENO, CPAF-AP; OTNIEL FREITAS-SILVA, CTAA.
Título: O açaí como fonte de ácidos graxos Ômega-9, Ômega-6 e Ômega-3.
Edição: 2016
Fonte/Imprenta: In: JORNADA CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAPÁ, 2., 2016, Macapá. Resumos... Macapá: Embrapa Amapá, 2016.
Páginas: p. 17
Idioma: pt_BR
Conteúdo: O açaí é considerado um alimento energético e benéfico à saúde, sendo fonte de fibras, de proteínas, de vitamina E e de ácidos graxos essenciais, como Ômega-6 e Ômega-9, além de minerais, como manganês, boro, cromo e cobre. Os ácidos graxos componentes da fração lipídica do açaí mereceram uma atenção especial nessa revisão, pois ácidos graxos mono e poli-insaturados têm sido associados à redução do risco de cardiopatias, incluindo a hipertensão e a aterosclerose. O ácido oleico (Ômega 9), considerado um ácido graxo insaturado essencial e vital na síntese hormonal, é encontrado em teores elevados na polpa de açaí, variando de 54,4% a 63,9% dos lipídios, dependendo do produto de açaí estudado. O ácido graxo linoleico (Ômega 6), relatado em 10,6% a 16% dos lipídios em polpas e frutos integrais de açaí, participam da estrutura de membranas celulares, influenciando a viscosidade sanguínea, permeabilidade dos vasos, ação anti--agregadora, pressão arterial, reação inflamatória e funções plaquetárias. O ácido graxo linolênico (Ômega 3), encontrado de 0,5% a 0,8% da fração lipídica de polpa e frutos integrais de açaí, é também o precursor primordial das prostaglandinas, leucotrienos e tromboxanos com atividade anti-inflamatória, anticoagulante, vasodilatadora e anti-agregante. Porém, vários autores observaram perdas significativas desses componentes essenciais ao organismo humano durante as transformações e processamento dos frutos. Em análises de sucos clarificados e filtrados houve perda significativa de ácidos graxos mono e poli-insaturados encontrados naturalmente na fruta. Desse modo, a ausência de informações claras pode levar à indução dos consumidores a crer erroneamente que aqueles produtos excessivamente processados encontrados no mercado podem ser nutricionalmente similares ao açaí batido original, processado artesanalmente nas condições da região amazônica.
Thesagro: Alimento vegetal
Nutrição humana
Lipidio
Ano de Publicação: 2016
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CTAA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
7JIC2016.pdf92,85 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace