Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1132801
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2020
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: PEREZ, C. E. B.
Title: Soja geneticamente modificada resistente a fungos via silenciamento gênico induzido pelo hospedeiro.
Publisher: 2020.
Language: Portugues
Notes: Tese (Doutorado em Genética e Biologia Molecular) - Instituto de Biologia - Universidade Estadual de Campinas. Orientador: Francisco José Lima Aragão, Embrapa RecursosGenéticos e Biotecnologia.
Keywords: Silenciamento gênico
Fungos fitopatogênicos
Plantas transgênicas
HIGS
Inativação gênica
RNA interferente pequeno
Description: A soja é uma das culturas economicamente mais importantes do mundo. Sua produção é afetada por diversas doenças fúngicas, como as causadas por Fusarium spp e Sclerotinia sclerotiorum, provocando perdas significativas no rendimento e na qualidade das sementes. As intervenções de manejo são limitadas, caras e associadas a problemas ambientais. A resistência do hospedeiro proporciona uma abordagem mais conveniente e econômica. O silenciamento gênico induzido pelo hospedeiro (HIGS) tem demonstrado ser uma estratégia alternativa à resistência de fungos nas plantas. Foram geradas linhagens transgênicas de soja com uma construção do tipo intron-hairpin para expressar siRNAs correspondentes ao gene CYP51B de Fusarium oxysporum. Os resultados mostraram a presença de siRNA (correspondente ao gene F. oxysporum CYP51B) tanto nas folhas quanto nas raízes das linhas transgênicas. As plantas (geração T3) foram desafiadas contra F. oxysporum, F. graminearum e S. sclerotiorum. Agressividade da doença foi avaliada e revelou resistência ao F. oxysporum em a linhagem, denominada 3.22, que não apresentava sintomas e esta mesma linhagem apresento a menor área de lesão na folha para o fungo de S. sclerotiorum 72 horas após inoculação. Além disso, as linhas transgênicas apresentaram melhor desenvolvimento da planta (altura e crescimento das raízes) quando comparadas com o controle (planta não transgênica). No entanto, as linhagens transgênicas revelaram um melhor desenvolvimento quando inoculadas com F. graminearum, F. oxysporum e tiveram a menor área de lesão nas folhas quando foram inoculadas com S. sclerotiorum.
Thesagro: Glycine Max
Soja
Data Created: 2021-07-06
Appears in Collections:Tese/dissertação (CENARGEN)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Perez-CristobalErviBautista-D.pdf3,6 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace