Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1136571
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Suínos e Aves - Capítulo em livro científico (ALICE)
Date Issued: 2021
Type of Material: Capítulo em livro científico (ALICE)
Authors: FERUCK, M. M.
FAVASSA, C. T. A.
MATTHIENSEN, A.
Additional Information: MARILETE FERUCK, UNC/Concórdia; CELI TERESINHA ARALDI FAVASSA, UNC/Concórdia; ALEXANDRE MATTHIENSEN, CNPSA.
Title: Estudo quali-quantitativo da comunidade fitoplanctônica do rio suruvi, Concórdia, SC.
Publisher: In: MATTHIENSEN, A. (Org.). Ações e pesquisas em recursos hídricos na Bacia do Rio Jacutinga e Bacias contíguas. Mafra: UNC, 2021. p. 163-180.
Language: Portugues
Keywords: Bioindicadores ambientais
Description: Resumo: As microalgas são organismos microscópicos que fazem parte do fitoplâncton de ambiente aquáticos e a composição de sua comunidade funciona como bioindicadores da qualidade do ambiente. O estudo teve como objetivo avaliar a ocorrência e a diversidade da comunidade de microalgas, através de um levantamento quali-quantitativo dos principais grupos, e monitorar os parâmetros físicos, químicos e microbiológicos do rio Suruvi, em Concórdia SC. Foram definidas cinco estações amostrais ao longo do rio, e as coletas de campo foram realizadas de novembro de 2013 a setembro de 2014. Foram identificados seis grupos principais de microalgas: dinoflagelados, diatomáceas, clorofíceas, euglenofíceas, xantofíceas e cianobactérias, distribuídos em 43 gêneros, 19 famílias, 13 ordens e 9 classes taxonômicas, sendo que a classe mais rica em número de gêneros foi a classe Bacillariophyceae, e as estações mais próximas da foz apresentaram a maior composição taxonômica. Os maiores valores dos Índices de Diversidade e Equidade foram encontra- dos na estação 4 e os menores na estação 5, sendo que os meses com menores temperaturas apresentaram maiores índices. Em relação ao Índice de Similaridade, os maiores valores foram observados entre as estações próximas à nascente (1 e 2) e os menores entre as estações mais distantes (1 e 5). A estação 4 apresentou os melhores resultados do Índice de Qualidade da Água; e os melhores resultados do Índice do Estado Trófico variaram de hiperoligotrófico a mesotrófico, com apenas dois episódios isolados que caracterizaram eutrofização elevada pelo elemento fósforo. Conclui-se que o rio Suruvi apresenta um ecossistema pouco impactado e a qualidade da água bruta para consumo humano está de acordo com os parâmetros previstos pela legislação brasileira para seu uso após tratamento.
Thesagro: Microalga
Qualidade da Água
Data Created: 2021-11-25
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CNPSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
final9805.pdf837,57 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace