Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1137683
Title: Uso dos produtos da araucária: madeira e coprodutos.
Authors: ZANONI, P. R. S.
SILVEIRA, A. C. da
LIMA, E. A. de
MATTOS, P. P. de
CURTO, R. de A.
MAGALHAES, W. L. E.
LAZZAROTTO, M.
Affiliation: PATRICIA RAQUEL SILVA ZANONI, CNPF; ANA CLAUDIA DA SILVEIRA, Pós-graduanda da UFPR; EDSON ALVES DE LIMA, CNPF; PATRICIA POVOA DE MATTOS, CNPF; RAFAELLA DE ANGELI CURTO, UFRRJ; WASHINGTON LUIZ ESTEVES MAGALHAES, CNPF; MARCELO LAZZAROTTO, CNPF.
Date Issued: 2021
Citation: In: SOUSA, V. A. de; FRITZSONS, E.; PINTO JUNIOR, J. E.; AGUIAR, A. V. de (ed.). Araucária: pesquisa e desenvolvimento no Brasil. Brasília, DF: Embrapa, 2021. cap. 17, p. 337-360.
Description: Esse capítulo aborda características da madeira e suas aplicações tradicionais (como madeira serrada e roliça, produção de celulose e papel, energia), bem como potenciais formas de aproveitamento de outras partes da araucária (galhos, casca, nós, resina, acículas, falhas e cascas de pinhão) e perspectivas futuras. A intenção é apresentar esta valiosa espécie nativa como uma possível provedora de múltiplos produtos e usos, que vão além dos conhecidos pinhão e madeira. Apresentou-se a árvore de A. angustifolia como fornecedora de múltiplos produtos, pois o uso sustentável é ferramenta imprescindível para a conservação. A madeira da araucária tem, em vários aspectos, propriedades superiores àquelas oriundas de pínus e pode ser utilizada para as mais diversas aplicações, como na construção civil e no setor mobiliário. Seu valor de mercado é, na maioria das vezes, maior que o de sua concorrente exótica, para a mesma classe diamétrica. Mesmo assim, o interesse por plantar o pinheiro-do-paraná reduziu-se drasticamente devido ao rigor e às incertezas da legislação que foi originalmente criada para garantir a preservação da espécie. A exploração da madeira é atualmente permitida apenas em plantios fl orestais, porém não se tem, hoje, garantia de corte no futuro. Urge que as leis sejam modernizadas para atrair novamente os produtores para esta atividade. Espera-se, por exemplo, que cumpra esta fi nalidade a Lei 20.223/2020 (Paraná), que estabelece normas de incentivo ao plantio de A. angustifolia e garantias para o produto.
Thesagro: Araucária Angustifólia
Pinheiro do Paraná
Madeira
Language: Portugues
Type of Material: Parte de livro
Access: openAccess
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EmbrapaFlorestas-2021-LV-AraucariaEmbrapa-cap17.pdf2,16 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace