Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/113878
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 3-Mai-2005
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: ITUASSÚ, D. R.
PEREIRA FILHO, M.
ROUBACH, R.
CRESCÊNCIO, R.
CAVERO, B. A. S.
GANDRA, A. L.
Informaçães Adicionais: Embrapa Amazônia Ocidental.
Título: Níveis de proteína bruta para juvenis de pirarucu.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.40, n. 3, p. 255-259, mar. 2005.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: nutrição de peixes
dietas práticas
peixes carnívoros
pratical diets
carnivorous fish.
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de quatro níveis de proteína sobre o crescimento de juvenis de pirarucu, Arapaima gigas. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, com de quatro tratamentos (32,7%, 39,3%, 43,4% e 48,6% de proteína bruta), três repetições cada. Foram utilizados 120 peixes, com peso médio inicial de 120,6±3,5 g, distribuídos homogeneamente em 12 tanques-rede de 1 m3 cada, contendo dez peixes por tanque. Após 45 dias, os resultados indicaram que as dietas com 48,6% de proteína resultaram em melhor ganho de peso, crescimento específico e composição corporal diferenciada. A conversão alimentar e a eficiência da ração não produziram diferenças entre os tratamentos. O nível de proteína na ração que produz máximo crescimento é de 48,6%.
Thesagro: Aqüicultura.
NAL Thesaurus: Arapaima gigas
aquaculture
fish nutrition.
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
40n03a09.pdf88,11 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace