Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/116963
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 27-Jan-2006
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: CRESCÊNCIO, R.
ITUASSÚ, D.R.
ROUBACH, R.
PEREIRA FILHO, M.
CAVERO, B.A.S.
GANDRA, A.L.
Informaçães Adicionais: Embrapa Acre
Título: Influência do período de alimentação no consumo e ganho de peso do pirarucu.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.40, n. 12, p. 1217-1222, dez. 2005.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Arapaima gigas
conversão alimentar
manejo alimentar
feed conversion ratio
feed management
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi verificar o período preferencial de consumo alimentar do pirarucu, Arapaima gigas, e a influência de diferentes turnos de alimentação no consumo e ganho de peso dessa espécie. Foram testados três tratamentos: alimentação diurna (peixes alimentados às 9h e 15h), alimentação noturna (peixes alimentados às 21h e 3h) e alimentação contínua (peixes alimentados às 9h, 15h, 21h e 3h). Cada tratamento foi avaliado em triplicata, com cada unidade experimental formada por oito peixes, com peso médio de 313 g, estocados em tanques-redes de 1 m3 (1x1x1 m). Os nove tanques-redes foram alocados em um viveiro escavado de 120 m2. O experimento durou 60 dias. A alimentação contínua promoveu maiores ganhos de peso e biomassa, taxa de crescimento específico e consumo total. Os tratamentos alimentação diurna e alimentação noturna apresentaram ganho de peso semelhante, porém, a alimentação diurna apresentou a melhor conversão alimentar. O período preferencial de alimentação do pirarucu foi o noturno, principalmente no começo da noite. Os dados deste estudo indicam que o horário de preferência alimentar não é o melhor horário de alimentação do pirarucu, em uma criação comercial. O período de alimentação mais indicado para a espécie, baseado na capacidade de conversão alimentar, é o diurno.
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
40n12a09.pdf336,76 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace