Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/126119
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 11-Jan-2008
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SHUSTER, I.
VIEIRA, E. S.
SANTANA, H.
SINHORATI, D.
SILVA, R. B. da
OLIVEIRA, M. A. R.
Título: Fluxo gênico em soja na Região Oeste do Paraná
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n. 4, p. 515-520, abr. 2007.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: organismo geneticamente modificado
taxa de fecundação cruzada
escape gênico
genetically modified organism
cross-pollinating rate
gene escape.
Conteúdo: Este trabalho teve o objetivo de avaliar o fluxo gênico em soja, na Região Oeste do Paraná. Foram semeados cinco círculos concêntricos, com a cultivar CD 219RR, que contém o gene CP4 EPSPS. Os círculos foram espaçados em 50 cm, com círculo interno de diâmetro de 50 cm. Externamente a estes, foi semeada a cultivar CD 211 (convencional), também em cinco círculos concêntricos, espaçados em 1 m. As plantas da cultivar CD 211 foram colhidas e trilhadas individualmente, e as sementes semeadas novamente no campo. Após a emergência, foram obtidas 151.772 plântulas, as quais, com 15 dias, foram pulverizadas com 900 g ha-1 de i.a. de glifosato. Após uma semana, plantas sobreviventes foram submetidas à análise de PCR, para verificar a presença do gene CP4 EPSPS. A taxa de fecundação cruzada foi de 0,61, 0,29, 0,23, 0,22 e 0,23% respectivamente a 1, 2, 3, 4 e 5 m de distância das plantas geneticamente modificadas.
Thesagro: Glycine Max.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
42n04a09.pdf394,97 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace