Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/126187
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 14-Jan-2008
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: VIEIRA, E.A.
CHARCHAR, M.J. d´ A.
SILVA, M.S.
ANJOS, J.R.N. dos.
Informaçães Adicionais: Embrapa Cerrados
Título: Virulência de isolados de Colletotrichum gloeosporioides de populações selvagens de Stylosanthes spp.
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.5, p. 661-667, maio 2007
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: antracnose
raças fisiológicas
série diferencial
leguminosa forrageira tropical
resistência genética
anthracnose
physiological races
differential series
tropical legume forage
genetic resistance
Conteúdo: Os objetivos deste trabalho foram determinar o padrão de virulência/avirulência e as raças de 274 isolados brasileiros de Colletotrichum gloeosporioides de populações selvagens de Stylosanthes spp. dos estados de Goiás, Bahia e Minas Gerais, em 12 acessos diferenciadores, e agrupar os isolados de acordo com a similaridade em virulência. Culturas monospóricas dos isolados foram aspergidas sobre plântulas de 12 acessos diferenciadores. A aferição dos resultados (virulência/avirulência) foi realizada dez dias após as inoculações. A maioria dos isolados brasileiros de C. gloeosporioides de populações selvagens de Stylosanthes spp. apresenta baixa capacidade de virulência, e a raça predominante não apresenta virulência a nenhum dos acessos diferenciadores avaliados. Não existe padrão de distribuição da variabilidade em virulência entre os isolados em função do estado de origem.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace