Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/157470
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 24-Ago-2006
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SILVA, E. F. da
PEREIRA, N. R.
AMARAL, F. C. S. do
CARVALHO JÚNIOR, W.
CUNHA, T. J.
AGLIO, M. L. D.
ORTEGA, A.
LOPES, C. H. L.
AMORIM, A. M.
TAKAGI, J. S.
Título: Zoneamento pedoclimático da cultura do milho safrinha (Zea mays) no município de Nioaque (MS).
Edição: 2006
Fonte/Imprenta: In: REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 16., 2006, Aracaju. Resumos e palestras... Aracaju: SBCS; UFS: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2006.
Idioma: pt_BR
Notas: 1 CD-ROM
Palavras-chave: Milho safrinha
Avaliação pedoclimática
Brasil
Mato Grosso do Sul
Nioaque
Conteúdo: O estudo tem por objetivo possibilitar o conhecimento da potencialidade das terras do município de Nioaque (MS) para a cultura do milho safrinha, para fins de planejamento agrícola e uso da terra. Utilizou-se para tal fim a base cartográfica da DSG, dados climáticos e o mapa de reconhecimento de alta intensidade dos solos do município, todos em escala 1:100.000. Toda a base de dados foi construída utilizando-se os softwares de geoprocessamento ArcMap 9.0, ArcInfo 9.0 e ArcView 3.2. A valiação climática foi realizada pela criação de modelos de risco de geadas associados ao modelo digital de elevação, além do balanço hídrico local. Os atributos de solo avaliados dizem respeito aos aspectos de relevo, drenabilidade, fertilidade, erodibilidade e número de meses secos no solo por ano e sua época de ocorrência. A avaliação mostrou que o município possui 216.187 ha indicados ao plantio do milho safrinha, o que equivale a 55,1% do município. As áreas consideradas como de preservação permanente somam 12.795 ha, devendo ficar fora dos processos produtivos. Áreas não indicadas para o plantio, pertencentes às classes de avaliação Marginal e Inapta, somam 163.350 ha, equivalentes à 41,6% do município. Observa-se a partir dos resultados e dos dados de produção agrícola municipal do IBGE (2006), que o município possui um potencial grande para aumentar a área plantada com milho safrinha, já que em 2004, apenas 1.300 ha foram utilizados para esta cultura.
Ano de Publicação: 2006
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
OPB937.pdf249,68 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace