Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/15907
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2007
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: VALARINI, P. J.
FRIGHETTO, R. T. S.
SCHIAVINATO, R. J.
CAMPANHOLA, C.
SENA, M. M.
BALBINOT, L.
POPPI, R. J.
Additional Information: Pedro José Valarini, Embrapa Meio Ambiente; Rosa Toyoko Shiraishi Frighetto, Embrapa Meio Ambiente; Ricardo José Schiavinato, Fazenda Sula; Clayton Campanhola, Embrapa Meio Ambiente; Marcelo Martins de Sena, Universidade Estadual de Goiás; Leoberto Balbinot, Instituto de Química-UNICAMP; Ronei Jesus Poppi, Instituto de Química-UNICAMP.
Title: Análise integrada de sistemas de produção de tomateiro com base em indicadores edafobiológicos.
Publisher: Horticultura Brasileira, Campinas, v.25, n.1, p.60-67, 2007.
Language: pt_BR
Keywords: Sustentabilidade
Agroecossistema.
Description: A análise integrada de indicadores edafobiológicos ligados ao manejo do solo constitui uma ferramenta importante para estimar níveis de sustentabilidade do agroecossistema, detectando-se pontos críticos para a devida correção de manejo. Essa ferramenta foi empregada na avaliação de sistemas de produção orgânica e convencional de tomate, em cultivo protegido e a campo aberto, no estado de São Paulo. Tomaram-se como referência solos de mata nativa e/ou pastagem natural, dependendo do local de estudo. Em Serra Negra, o solo sob sistema orgânico apresentou maior capacidade de campo e teor de argila dispersa mais baixo, indicativos da estabilidade dos agregados. No sistema convencional observou-se uma elevada condutividade elétrica, evidenciando a alta disponibilidade de sais solúveis. A análise de componentes principais (ACP) permitiu concluir que há maior grau de similaridade entre o solo sob sistema orgânico e aqueles das bases referenciais, com respeito aos indicadores químicos e biológicos. Constatou-se que C org, N total, polissacarídeos, FDA (hidrólise de diacetato de fluoresceína) e atividade enzimática de desidrogenase estão positivamente relacionados com o sistema orgânico, a mata nativa e a pastagem. Em contrapartida, a saturação por bases (V%), pH, teores de Mn, Mg e Ca, bem como a razão de dispersão estão inversamente relacionadas ao manejo orgânico. Já em Araraquara, os resultados da ACP distinguiram as áreas organicamente cultivadas das matas nativas, principalmente, com base nos indicadores biológicos.
Thesagro: Análise Química
Qualidade
Solo.
Data Created: 2008-01-11
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPMA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2007AP002.pdf962,89 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace