Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/335168
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 22-Nov-2002
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SILVA, F. C. da
BOARETTO, A. E.
BERTON, R. S.
ZOTELLI, H. B.
PEXE, C. A.
MENDONCA, E.
Título: Cana de acucar cultivada em solo adubado com lodo de esgoto.
Edição: 1998
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.33, n.1, p.1-8, 1998.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Residuo urbano
Fertilizantes organicos
Adubacao de soqueira
Produtividade de biomassa
Acidez potencial de solos
Conteúdo: A pesquisa objetivou avaliar o uso de lodo de esgoto (Le) na adubacao de soqueira (2o.corte) de cana-de-acucar (Saccaharum spp., var. RB72-454). Aplicou-se Le ao solo, localizando-o no fundo de um sulco com 15 cm de profundidade e distando 40 cm de linha de cana. Avaliaram-se os efeitos das doses do Le (0, 15, e 30 t.ha-1) nas produtividades de biomassa e de acucar, nos teores de nutrientes e de metais pesados do solo e da planta. O Le diminuiu a acidez potencial (H + Al) do solo e forneceu nutrientes para a cana-de-acucar, principalmente P, S, Ca. Cu e Zn, o que refletiu em aumentos de produtividade de colmos e de acucar por hectare. O Le causou aumentos de exportacoes ?de P, S, Ca, Cu, K, Mg e Ni pela parte aerea da cana-de-acucar, tais aumentos, por sua vez, foram motivados pelos aumentos dos teores destes elementos no tecido vegetal e da produtividade em biomassa. Os metais pesados (Cd, Cr, Ni e Pb), contidos no Le, nao apresentaram perigo a cadeia trofica a curto prazo.
Ano de Publicação: 1998
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CANADEACUCARCULTIVADAEMSOLOADUBADO.pdf217,79 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace