Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/44196
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 2-Set-1998
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: RODRIGUES, L. R. de A.
REIS, R. A.
RODRIGUES, T. de J. D.
RODRIGUES, A. de A.
Informaçães Adicionais: EMBRAPA-CPPSE, São Carlos-SP.
Título: Produção e composição química de aveia não irrigada em quatro épocas de corte.
Edição: 1998
Fonte/Imprenta: In: REUNIÃO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 35., 1998, Botucatu-SP, Anais... Botucatu: SBZ, 1998. p.194-196.
Idioma: pt_BR
Notas: Resumo expandido
Palavras-chave: Avena bysantina
FDN
Producao de MS
DM production
NDF.
Conteúdo: A aveia preta e os cultivadores UPF2, UPF3 e UPF7 de aveia amarela foram avaliados durante o período de inverno, sem irrigação em Jaboticabal-SP. As plantas foram colhidas aos 51, 64, 77 e 90 dias após a semeadura. A produção de MS variou de 931,6 a 2378,3 kg/ha para aveia preta, de 903,4 a 3135,2 kg/ha para a cv. UPF2 de 439,7 a 3920,9 kg/ha para a cv. UPF3 e de 1003,7 a 4351.1 kg/ha para a cv. UPF7. Dos 51 aos 90 dias após a semeadura os teores de PB na folha decresceram, de 18,0% para 10,2%, e os de FDN aumentaram de 41,6% para 47,9%.
Thesagro: Avena Strigosa
Proteína Bruta.
NAL Thesaurus: crude protein.
Ano de Publicação: 1998
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PROCIAAR1998.00122.pdf31,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace