Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/444673
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 23-Ago-1993
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: MATSUDA, J. M.
HENNING, A. A.
ALMEIDA, L. A.
KRZYZANOWSKI, F. C.
YORINORI, J. T.
Informaçães Adicionais: ADEMIR ASSIS HENNING, CNPSO; LEONES ALVES ALMEIDA, CNPSo; FRANCISCO CARLOS KRZYZANOWSKI, CNPSO; JOSÉ TADASHI YORINORI, CNPSo.
Título: Avaliacao de fontes de resistencia a Colletotrichum truncatum em soja.
Edição: 1993
Fonte/Imprenta: Informativo ABRATES, Londrina, v.3, n.3, p.102, jun. 1993.
Idioma: pt_BR
Notas: Resumo apresentado no VIII Congresso Brasileiro de Sementes, Foz do Iguacu, 1993.
Palavras-chave: Brasil
Parana
Soybean
Seed
Disease
Resistance.
Conteúdo: A antracnose da soja é uma doença séria nas regiões quentes e úmidas .Perdas de até 26% tem sido relatadas no sul dos Estados Unidos.No Brasil, a incidência da doença tem aumentado nos Últimos anos.O patógeno , além de sobreviver nos restos de cultura e outros hospedeiros, tem na semente o seu principal veículo de disseminação e introdução em novas áreas de cultivo.O trabalho teve por objetivo avaliar todas as cultivares de soja recomendadas para o Brasil quanto à resistência à infecção das se­mentes por truncatum. Três experimentos foram realizados em casa-de-vegetação, em Londrina,PR, onde cinco plantas de cada cultivar, por experimento, receberam três a quatro inoculações com suspensão de 4 esporos na concentração aproximada de 8,5 x 10 conídios/ml, a partir do estádio V-1. ApÓs as inocula­ções, as plantas foram mantidas em câmara úmida por 48 horas.De cada cultivar, 100 sementes, colhidas em R-8, foram sutrnetidas ao teste de sanidade pelo método do papel-de-filtro (25°c :!: ?2°c por sete dias, sob luz fluorescente branca).Dos 162 genótipos testados, 29 apresentaram Índices inferiores a 4% de sementes infectadas (s.i.): BR-7, BR-29, Doko, EMGQPA 305, EMGOPA 306, El'1GOPA 307, EMGOPA-313, FT-11, FT-Bahia, FT-Canarana, FT-Cristalina, FT-Seriema, IAC-2, IAC-6, IAC-8, IAC-9, IAC-11, IAC-100, J-200, Ocepar-9, Paranagoiana, SPS-1, Timbira, Tropical, UFV-7, UFV-8, UFV-9, UFV-10 e UFV/I'IM. Por outro lado, as cultivares mais susceptíveis foram: FT-8 Araucária (30,6% s.i.), FT-Manacá ( 44,5 %s.i.), Campos Gerais (45% s.i.) e Cobb (87% s.i.).O experimento está sendo repetido, concentrando os trabalhos nas cultivares que demonstraram menor susceptibilidade a fim de identificar, com segurança, as possíveis fontes de resistência.
Thesagro: Colletotrichum Truncatum
Doença
Semente
Resistência
Soja.
NAL Thesaurus: Brazil.
Ano de Publicação: 1993
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ID13290001.pdf421,64 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace