Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/44499
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 4-Ago-1999
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: RASSINI, J. B.
PRIMAVESI, A. C.
BOTREL, M. A.
Informaçães Adicionais: JOAQUIM BARTOLOMEU RASSINI, CPPSE; ANA CANDIDA PRIMAVESI, CPPSE; MILTON ANDRADE BOTREL, CNPGL.
Título: Avaliação e caracterização agronômica de cultivares de alfafa (Medicago sativa L.) no Sudeste do Brasil.
Edição: 1999
Fonte/Imprenta: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 36., 1999, Porto Alegre, RS. Anais... Porto Alegre: SBZ, 1999.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Producao de materia seca.
Conteúdo: O trabalho teve por objetivo avaliar o potencial de 29 cultivares de alfafa introduzidas na região Sudeste do Brasil, sendo efetuados 31 cortes em 3 anos de avaliação (maio de 1995 a maio de 1998). O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso com três repetições. Houve diferença significativa entre cultivares para produção de matéria seca, com destaque para a "Crioula": 15,6, 16,8 e 15,4 t/ha/ano em 95/96, 96/97, 97/98, respectivamente; "P3"; 14,6, 14,2 e 11,8; "5929": 13,9, 13,0 e 6,1; "WL 516"; 14,6 14,6 e 8,5; e "Florida 77": 14,3, 11,4 e 7,7. As medias dos valores atribuídos a características agronômicas, tais como estabelecimento e persistência da cultura, relação folha: haste, acamamento e doenças, não variaram entre as cultivares, com exceção da "ICI-990" e "MH-4" que tiveram estabelecimento e persistência baixos. Verificou-se que quanto a composição química da forragem, os níveis de proteína bruta variaram de 20 a 24%.
Thesagro: Proteína Bruta.
Ano de Publicação: 1999
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PROCIJBR1999.00035.pdf666,17 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace