Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/44898
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 10-Jun-2000
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SOUZA, F. H. D. de.
Informaçães Adicionais: FRANCISCO HUMBERTO DUBBERN DE SOUZA, CPPSE.
Título: Sugestões de taxas mínimas de semeadura pra a formação de pastagens.
Edição: 2000
Fonte/Imprenta: In: RESUMOS DOS TRABALHOS APRESENTADOS NA CONVENÇÃO NACIONAL DE CANCHIM, 4., 2000, São Carlos, SP. Anais...São Carlos : Embrapa Pecuária Sudeste/São Paulo : ABCCAN 2000. p.39.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Pastagens
Formação
Semeadura
Conteúdo: Uma causa freqüente de insucesso na formação de pastagens é o plantio de quantidades insuficientes de sementes. A boa regulagem do equipamento de plantio garante que a quantidade certa de sementes seja plantada. Essa quantidade, chamada de taxa de semeadura, varia de acordo com o tipo de capim e o lote de sementes. Sugestões de taxas adequadas de semeadura (kg de sementes/hectare) são mostradas na Tabela 1. Tanto a compra das sementes quanto o cálculo da taxa adequada de semeadura devem ser baseados no valor cultural (VC, em percentagem) da semente a ser plantada. Esse valor resulta da análise da semente em laboratório e representa a percentagem de sementes puras viáveis contida no lote de sementes. Obtém-se o VC multiplicando-se a percentagem de pureza pela percentagem de germinação, e dividindo-se por 100 o resultado obtido.
Ano de Publicação: 2000
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PROCIFHDS2000.00177.PDF258,87 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace