Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/465587
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 10-Out-2003
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: HENNING, A. A.
LUZ, W. C. da
KRZYZANOWSKI, F. C.
COSTA, N. P. da
Informaçães Adicionais: ADEMIR ASSIS HENNING, CNPSO; FRANCISCO CARLOS KRZYZANOWSKI, CNPSO; NILTON PEREIRA DA COSTA, CNPSo.
Título: Avaliação de produtos biológicos para o tratamento de sementes de soja.
Edição: 2003
Fonte/Imprenta: Informativo ABRATES, Londrina, v. 13, n. 3, p. 233, set. 2003. Número especial, ref. 343.
Idioma: pt_BR
Notas: Edição dos Resumos do XIII Congresso Brasileiro de Sementes, Gramado, RS, set. 2003.
Conteúdo: A microbiolização de sementes tem despertado interesse mundial devido as restrições ao uso de fungicidas e o interesse em preservar o meio ambiente. Diversos agentes biológicos (bioprotetores) tem sido avaliados quanto à sua eficiência no tratamento de sementes de milho e soja. Na safra 2002/2003 foram testados, na Embrapa Soja, 18 agentes biológicos e três fungicidas (padrões) para avaliar seus efeitos sobre a emergência da soja, no campo. Sementes da cultivar BRS 133 foram tratadas em sacos plásticos no laboratório com os bioprotetores e os fungicidas padrões. As parcelas de 5m de comprimento possuíam quatro linhas e a densidade de semeadura foi de 20 sementes por metro linear. O delineamento experimental foi blocos ao acaso com quatro repetições e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. Os resultados demonstraram que os bioprotetores não conferem proteção às sementes no solo, quando ocorre deficiência hídrica (veranicos) após a semeadura. Dentre os três fungicidas, a melhor emergência, foi 63,8% obtida no tratamento com carbendazin (30g i.a.) + thiram (70g i.a.) por 100 kg de sementes, seguido pelos tratamentos com carboxin (50g i.a.) + thiram (50g i.a.) e metalaxyl (10g i.a.) + fludioxonil (35g i.a.), que apresentaram 44,8% e 27,2% de emergência, respectivamente. A emergência de plântulas nos tratamentos com bioprotetores variou entre 13,4% e 2,8% enquanto que na testemunha, a emergência foi 4,4%.
Thesagro: Soja.
Ano de Publicação: 2003
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ID221220001.pdf361,83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace