Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/465629
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 10-Out-2003
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: BRACCINI, A. L.
SCHUAB, S. R. P.
SCAPIM, C. A.
FRANÇA-NETO, J. B.
MESCHEDE, D. K.
Informaçães Adicionais: JOSE DE BARROS FRANCA NETO, CNPSO.
Título: Avaliação do potencial fisiológico das sementes de soja e sua relação com emergência das plântulas em campo.
Edição: 2003
Fonte/Imprenta: Informativo ABRATES, Londrina, v. 13, n. 3, p. 312, set. 2003. Número especial, ref. 499.
Idioma: pt_BR
Notas: Edição dos Resumos do XIII Congresso Brasileiro de Sementes, Gramado, RS, set. 2003.
Conteúdo: A associação entre os resultados dos testes de vigor e os de emergência das plântulas em campo tem demonstrado controvérsia nos diversos experimentos conduzidos até o momento Objetivou-se, nesse trabalho, o estudo comparativo de diferentes testes para avaliar o potencial fisiológico das sementes de soja e verificar sua relação com a emergência das plântulas em campo. Assim, a qualidade fisiológica das sementes de dez lotes comerciais de soja, representados pelos cultivares BRS 133, BRS 134, BRS 155, BRS 184, BRS 212, BRS 213, BRS 215, BRS 216, CD 202 e CD 210, foi avaliada por meio dos testes de emergência das plântulas em campo, de germinação (primeira contagem e contagem final), de emergência das plântulas em leito de areia, de velocidade de emergência em areia (fórmulas de velocidade de emergência, índice de velocidade de emergência e coeficiente de velocidade de emergência), de envelhecimento acelerado, de frio modificado, de tetrazólio (1-3 e 1-5) e de condutividade elétrica ("bulk system"). O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado com quatro repetições, para os testes de laboratório e, em blocos casualizados com quatro repetições, para a emergência em campo. Os resultados foram submetidos à análise de variância e de correlação. As médias foram comparadas por meio do critério de agrupamento de Scott-Knott. Foi possível observar que o teste de frio modificado não apresentou resultados satisfatórios na avaliação do vigor das sementes, bem como baixa correlação com os demais testes, inclusive com a emergência em campo. A emergência em leito de areia apresentou pouca sensibilidade na avaliação da qualidade das sementes dos cultivares de vigor mais alto. Os testes de envelhecimento acelerado, germinação, tetrazólio e condutividade elétrica foram os que melhor se correlacionaram com a emergência em campo. A interpretação dos resultados obtidos entre os testes de laboratório e de emergência em campo não deve considerar apenas a análise de correlação.
Thesagro: Soja.
Ano de Publicação: 2003
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
id221370001.pdf403,28 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace