Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/470235
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 10-Set-2007
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: COSTAMILAN, L. M.
ALMEIDA, A. M. R.
YORINORI, J. T.
SEIXAS, C. D. S.
BINNECK, E.
Informaçães Adicionais: LEILA MARIA COSTAMILAN, CNPT; ÁLVARO MANOEL RODRIGUES ALMEIDA; JOSÉ TADASHI YORINORI; CLAUDINE DINALI SANTOS SEIXAS, CNPSO; ELISEU BINNECK, CNPSO.
Título: Diaporthe phaseolorum var. caulivora, primeira ocorrência deste fungo associado ao cancro da haste da soja, no Brasil.
Edição: 2007
Fonte/Imprenta: Fitopatologia Brasileira, Brasília, DF, v. 32, p. S146, ago. 2007. Suplemento, resumo 0180.
Idioma: pt_BR
Notas: Edição dos Resumos do XL Congresso Brasileiro de Fitopatologia, Maringá, PR, ago. 2007.
Conteúdo: Plantas de soja, cv. BRS 154, morreram antecipadamente em março de 2006, em Passo Fundo e Coxilha, RS, com folhas secas presas às plantas e regiões escurecidas na porção inferior das hastes (cancros). Foram obtidos 25 isolados com micélio branco-acinzentado típico do gênero Diaporthe. Três destes (CH 07/06, CH 10/06 e CH 40/06) foram selecionados para estudos comparativos da região do rDNA, sendo constatada alta similaridade (100%) com a seqüência depositada para este fungo (GenBank AF0000567), correspondente à espécie D. phaseolorum var: caulivora strain 713. CH 07/06 e CH 10/06 apresentaram padrões de agressividade diferentes de CH 08/89 (isolado padrão da var. meridionalis), não causando morte de plantas em cultivar suscetível à D. phaseolorum var. meridionalis. O patógeno foi reisolado de plantas da cv. BRS 154, causando escurecimento interno na haste no estádio R5, mas não morte. Em condições in vitro, isolados CH 10/06 e CH 40/06 mostraram compatibilidade vegetativa entre si e incompatibilidade com CH 08/89. Em medições de estruturas reprodutivas do isolado CH 40/06, as ascas mediram 32-40 x 5-6 µm e os ascosporos, 8-10 x 2-2,5 11 µm. As características observadas levaram à identificação de D. phaseolorum var. caulivora como agente associado ao cancro da haste da soja na safra 2005/06, sendo essa a primeira detecção cm campo, no Brasil.
Thesagro: Doença de Planta
Fungo
Soja.
Ano de Publicação: 2007
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPSO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Diaporthephaseolorumvar.caulivoraprimeiraocorrenciadestefungoassociadoaocancrodahastedasojanoBrasil.pdf232,54 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace