Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/47405
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 23-Fev-2006
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: MEIRELLES, P. R. de L.
BATISTA, L. A. R.
COSTA, C. REIS, W.
Título: Avaliação da aceitabilidade de acessos de Paspalum spp. para pastejo por bovinos.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: In: MOSTRA CIENTÍFICA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS DA FACULDADE DE MEDICINA E VETERINÁRIA E ZOOTECNIA 9.; REUNIÃO CIENTÍFICA EM CIÊNCIAS AGRÁRIAS DO LAGEADO, 12., 2005, Botucatu: UNESP-FMVZ, 2005.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Paspalum spp
Aceitabilidade.
Conteúdo: A presente experimento foi desenvolvido na Embrapa Pecuária Sudeste, localizada em São Carlos-SP. Foram avaliados quatro acessos do gênero Paspalum (P. regnelli, BRA-019186,. P. malacophyllum, BRA-003077; P. guenoarum, BRA-014851 e P. atratum, BRA-9610 cv. Pojuca) em um ensaio do tipo cafeteria, com o objetivo de determinar o grau de aceitabilidade e qualidade da forragem ofertada aos animais ao longo do ano. a delineamento experimental utilizado foi em blocos completos ao acaso com quatro blocos e quatro repetic;6es (acessos) em cada bloco, sendo a cv. Pojuca utilizada como testemunha. As avaliac;6es foram realizadas a cada 30 dias no período de máxima precipitação (outubro a maio) com a utilização de três bovinos em cada bloco, totalizando 12 animais no experimento. Foram estudados os tempos de pastejo das gramineas durante o período das 8:00 as 11 :OOh e das 14:00 as 17:00 h durante dois dias no período de máxima precipitação e 1 dia no período de mínima precipitação, por meio da observação visual em uma plataforma, e a quantidade de forragem pastejada em cada parcela, cortando-se a forragem em uma área delimitada com um quadrado de 1 m2, antes e ap6s o pastejo. O material cortado era pesado e retirada uma amostra para secagem em estufa, e posterior determinação da produtividade em kg de matéria seca/ha e quantidade de forragem consumida. Verificou-se que as produções de forragem dos acessos estudados não diferiram entre si (P>0,05), apresentando forte estacionalidade produtiva, com reduções nas produtividades a medida que as condições climáticas foram ficando desfavoráveis. Em relação ao comportamento dos animais sob pastejo, constatou-se que os animais apresentaram preferência (P<0,05) pela espécie P. Malacophyllum, permanecendo sempre mais de 30% do total dispendido no pastejo consumindo essa forrageira. No segundo dia de pastejo, com a redução na oferta de P. Malacophyllum, já consumido no dia anterior, os animais passaram a alimentar-se preferencialmente de P. Regnelli, permanecendo também, mais de 30% do tempo dispendido no segundo dia de pastejo, consumindo essa especie. As especies P. guenoarum, BRA-014851 e P. atratum, BRA-9610 cv. Pojuca apresentaram as menores aceitabilidades nos dois dias de observação
Thesagro: Bovino
Pastejo.
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
16175.pdf597,81 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace