Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/493578
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Acre - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2009
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: LIMA, E. da C. A.
Additional Information: Elequisandra da Costa Araruna Lima, Universidade Federal do Acre (Ufac).
Title: Propagação clonal in vitro de abacaxizeiros em sistema dupla-fase e conservação de germoplasma sob regime de crescimento mínimo.
Publisher: 2009.
Pages: 82 f.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado em Agronomia: Produção Vegetal) - Programa de Pós-graduação em Agronomia, Universidade Federal do Acre, Rio Branco. Orientador: Antonio Gilson Gomes Mesquita; co-orientador: Jonny Ewerson Scherwinski Pereira.
Keywords: Sistema Dupla-Fase
Piñas
Propagación vegetativa
Cultivo in vitro
Desempeño del crecimiento
Description: A cultura do abacaxizeiro ocupa lugar de destaque em regiões de clima tropical, sendo o Brasil o segundo maior produtor mundial. O uso de mudas produzidas convencionalmente pode acarretar problemas para os plantios comerciais, devido à baixa qualidade das mesmas. Por isso, é de fundamental interesse que plantas de alta qualidade genética e fitossanitária sejam produzidas. A micropropagação é uma alternativa para a produção de mudas de abacaxizeiros de qualidade, em larga escala, curto período de tempo e espaço físico reduzido. O objetivo deste trabalho foi produzir um protocolo para a propagação clonal in vitro em larga escala de variedades de abacaxizeiros em Sistema Dupla-Fase, além de desenvolver metodologia para a conservação in vitro de germoplasma de abacaxizeiros sob regime de crescimento mínimo. O trabalho foi conduzido no LABMOL e anexos da Embrapa Acre. Como fonte de explantes para os experimentos foram utilizadas gemas axilares de brotações do tipo filhote das variedades Rio Branco (RB), Senador Guiomard (SG) e Quinarí (QN), estabelecidos in vitro. Num primeiro experimento, brotações foram colocadas para se desenvolver em 40 mL de meio de cultura em dois sistemas de cultivo: Convencional (meio semi-sólido) e Dupla-Fase. No Sistema Dupla-Fase, a cada subcultivo de 30 dias foi adicionado 30 mL de meio líquido sobre o meio semi-sólido inicial, enquanto que no tratamento convencional (semi-sólido) as avaliações e as brotações formadas foram transferidas para novos meios de consistência semi-sólida a cada subcultivo. Foi avaliada a taxa de multiplicação, altura de brotações maiores e menores que 0,5 cm, além da estimativa do número de mudas a serem produzidas em razão do tempo de multiplicação. Ao final do processo de multiplicação, as brotações foram enraizadas em diferentes composições do meio de MS (Pleno e ½) e concentrações de AIB (0; 0,1; 0,5 mg.L-1), sendo em seguida aclimatizadas em viveiro. Brotações de abacaxizeiro também foram avaliadas quanto à conservação in vitro por seis meses em meio de cultura de MS e sob três temperaturas: 15 oC, 20 oC e 25 oC. De maneira geral, observou-se que o sistema Dupla-fase foi superior ao semi-sólido em relação a todas as variáveis avaliadas. A produção total de brotações a partir de oito explantes iniciais e após 150 dias de cultivo no Sistema Dupla-Fase, para as variedades RB, SG e QN foi de 488,2; 419,3; e 341,8, respectivamente. Estes valores foram significativamente superiores aos observados quando o cultivo ocorreu em sistema convencional (meio semi-sólido), que foi de 299,8; 289,7 e 206,8 respectivamente. A partir dos resultados obtidos em Sistema Dupla-Fase, estimouse a taxa potencial de multiplicação de até 7.465 novas brotações por explante para a variedade RB, 5.329 para a SG e 5.055 para a QN ao final de um segundo subcultivo de 150 dias. Independentemente das concentrações de AIB e dos sais do meio de MS testadas, de maneira geral não foram observadas diferenças nas taxas de enraizamento in vitro das brotações, que alcançaram valores próximos a 100%. As brotações enraizadas quando aclimatizadas em viveiro apresentaram 100% de sobrevivência, Quando se avaliou a conservação das brotações verificou-se que a temperatura de 15 oC foi a que proporcionou os menores índices de crescimento, podendo ser indicada para a conservação ou manutenção de germoplasma de abacaxizeiro in vitro.
Thesagro: Abacaxi
Ananás Comosus
Propagação Vegetativa
Cultura In Vitro
Taxa de Crescimento
NAL Thesaurus: Pineapples
Vegetative propagation
Growth performance
Data Created: 2000-02-15
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2185.pdf2,29 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace