Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/504996
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Acre - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2010
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: DELUNARDO, T. A.
Additional Information: Thiago Andrés Delunardo, Universidade Federal do Acre (Ufac).
Title: A agrobiodiversidade em quintais urbanos de Rio Branco, Acre.
Publisher: 2010.
Pages: 112 f.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado em Agronomia: Produção Vegetal) - Programa de Pós-graduação em Agronomia, Universidade Federal do Acre, Rio Branco. Orientador: Amauri Siviero.
Keywords: Agrobiodiversidade
Biodiversidad
Explotación agrícola familiar
Quintal urbano
Description: A diversidade agrícola presente nos quintais urbanos assume funções distintas na vida das famílias nos aspectos social, econômico, ambiental e cultural. A presença da área verde proporciona microclima e paisagens mais agradáveis ao redor da casa, trazendo bem estar aos moradores. O presente estudo tem como objetivo analisar a agrobiodiversidade presente nos quintais urbanos de Rio Branco. O trabalho foi realizado em 134 quintais urbanos de três bairros do município de Rio Branco: Aeroporto Velho, Novo Horizonte e Placas. A metodologia utilizada foi feita por meio de observação participante, entrevistas e aplicação de questionários semi estruturados. A escolha das residências foi feita pelo método de amostragem probabilística por área auxiliada por mapas cartográficos e imagens de satélite. Foram investigados aspectos socioeconômicos dos moradores e a diversidade florística de cada quintal. As espécies vegetais foram documentadas e identificadas em campo e, quando necessário, trazidas para o herbário da UFAC para comparação com outras exsicatas, visando a identificação botânica. Analisando o perfil dos entrevistados, constatou-se que 82% são nascidos no Acre, 69,1% são do gênero feminino e idade média de 45 anos, moram no bairro há mais de 20 anos e possuem baixa escolaridade. Nos 134 quintais urbanos pesquisados, foram identificadas 288 espécies vegetais. As plantas ornamentais representam 43,2% das espécies, seguida das plantas alimentares 29,3%, sendo 15,5% espécies frutíferas e 13,8% espécies alimentares olerícolas, as plantas medicinais representaram 26% e de usos mágicos 1,5%. A importância da agrobiodiversidade levantada por esta pesquisa, expressa pelo grande número de espécies vegetais encontrados, demonstra que os quintais urbanos de Rio Branco proporcionam melhores condições de saúde, soberania alimentar, conservação genética de espécies e conhecimento tradicional gerando melhor qualidade de vida para as famílias.
Thesagro: Agricultura Familiar
NAL Thesaurus: Biodiversity
Family farms
Data Created: 2006-09-20
ISBN: 85-86440-19-1
Appears in Collections:Tese/dissertação (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
13922.pdf2,48 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace