Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/505159
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Acre - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2007
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: CARNEIRO JUNIOR, J. M.
ASSIS, G. M. L. de
EUCLYDES, R. F.
TORRES, R. de A.
LOPES, P. S.
Additional Information: JOSE MARQUES CARNEIRO JUNIOR, CPAF-AC; GISELLE MARIANO LESSA DE ASSIS, CPAF-AC; Ricardo Frederico Euclydes, Universidade Federal de Viçosa (UFV), MG; Robledo de Almeida Torres, Universidade Federal de Viçosa (UFV), MG; Paulo Sávio Lopes, Universidade Federal de Viçosa (UFV), MG.
Title: Estimação de componentes de variância utilizando-se inferência Bayesiana e frequentista em dados simulados sob heterogeneidade de variâncias.
Publisher: Revista Brasileira de Zootecnia, Piracicaba, v. 36, n. 5, p. 1539-1548, 2007.
Language: pt_BR
Notes: Suplemento.
Keywords: Avaliação genética
Genetic parameters
Amostragem de Gibbs
Gibbs sampling
Inferência Bayesiana
Bayesian inference
Metodologia REML
Informação a priori
Heterogeneidade de variância
Componentes de variância
Sistema Genesys
Varianza genética.
Cruce de animales
Análisis estadístico
Heterogeneidad genética
Simulación por computadora
Description: Foi simulado um genoma de 3.000 centimorgans de comprimento considerando uma única característica quantitativa, governada por 800 locos com dois alelos por loco. Segundo a estrutura genômica proposta, foram simulados 1.500 machos e 1.500 fêmeas que formaram a população-base. A partir da população-base foram formadas duas populações iniciais, uma grande e outra pequena. Dois tipos de estruturas de heterogeneidade de variâncias foram inseridos nas populações iniciais: heterogeneidade de variância genética aditiva e heterogeneidade de variâncias genética aditiva e ambiental. Para obtenção destas estruturas, foram feitos descartes estratégicos dos valores genéticos aditivos e ambientais de acordo com o tipo de heterogeneidade e o nível de variabilidade desejada: alta, média ou baixa. Os componentes de variância foram estimados por meio da metodologia Bayesiana via Amostragem de Gibbs e pelo método REML. Para a metodologia Bayesiana, foram utilizados três níveis de informação a priori: não-informativo, pouco informativo e informativo. Os métodos comparados apresentaram resultados semelhantes quando priors não-informativos foram utilizados e as populações de tamanho grande, de modo geral, apresentaram melhores estimativas. Para as populações pequenas, as análises realizadas considerando os níveis de variabilidade separadamente apresentaram maiores problemas, em virtude do pequeno tamanho das subpopulações formadas. Observou-se, para a metodologia Bayesiana, que o aumento no nível de informação a priori influenciou positivamente as estimativas dos componentes de variância, principalmente para as populações pequenas. Portanto, na presença de heterogeneidade de variâncias, as metodologias se comportam de forma semelhante. Entretanto, para populações pequenas a metodologia Bayesiana conduz a melhores estimativas quando informações adicionais estão disponíveis.
Thesagro: Melhoramento genético animal
Parâmetro genético
Estimativa
Análise estatística
Genoma
Modelo de simulação
NAL Thesaurus: Animal breeding
Genome
Genetic variance
Genetic heterogeneity
Statistical analysis
Computer simulation.
Data Created: 2008-01-11
ISSN: 1516-3598 (impresso) / 1806-9290 (online)
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
16792.pdf232,04 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace