Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/514209
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 1989
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: SIMPLÍCIO, A. A.
FIGUEIREDO, E. A. P. de
RIERA, G. S.
FOOTE, W. C.
Additional Information: AURINO ALVES SIMPLÍCIO, CNPC; ÉLSIO ANTÔNIO PEREIRA DE FIGUEIREDO, CNPC; GERARDO SIMÓN RIERA, SR-CRSP / Utah State University, Logan, Utah, USA.; WARREN CHISTOPHER FOOTE.
Title: Puberty in breeds of female hair sheep in Northeast Brazil.
Publisher: Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 24, n. 10, p. 1249-1253, out. 1989.
Language: Ingles
Keywords: Brasil
Nordeste
Northeast
Native species
Description: Abstract: The variation in the onset of puberty in ewe lambs is influenced by both genetic and environmental factors. Identification of the specific factor and its influence in relation to other factors is unclear. The age and live body weight at which ewe lambs show the first puberal estrus are of considerable practical importance. Ewe lambs showing early sexual activity have increased lifetime performance and hada higher reproductive efficiency in the adult ewe. An attempt has been made to study puberty in terms of age, live body weight, breed and ovarian activity at the onset of puberty (first behavioral estrus) of hair sheep in Northeast Brazil. [Puberdade em fêmeas de raças ovinas deslanadas no Nordeste do Brasil]. Resumo: Analisou-se o desempenho de 112 borregas Morada Nova (32), Somalis Brasileira (63) e Santa Inês (17), mantidas em pastagem nativa, no Centro Nacional de Pesquisa de Caprinos (CNPC), em Sobral, CE, Nordeste do Brasil (latitude 3° 42' Sul e longitude em 40° 21' Oeste). Desmamadas a idade média de 112 dias, foram pesadas ao nascer e a cada 28 dias, até à puberdade e observadas com vistas à detecção da ocorrência de estro, durante duas vezes ao dia, com auxílio de rufiões. Entre 40 e 60 horas após a borrega ser identificada em estro, era submetida à laparotomia, como objetivo de se avaliar a função ovariana quanto à ocorrência e à taxa de ovulação nos períodos pré-puberal e puberal. A idade e o peso médio à puberdade foram de 306,3 ± 5,6 dias e de 20,7 ± 0,3 kg, respectivamente. A raça Santa Inês (24,0 ± 1,0 kg) foi estatisticamente mais pesada (P < 0,05) do que a Morada Nova (21,2 ± 0,6 kg) e a Somalis Brasileira (19,7 ± 0,4 kg), porém as duas últimas não diferiram entre si. Não houve efeito de raça sobre a idade à puberdade, nem efeito do tipo de parto sobre peso ou idade (P > 0,05), porém observou-se efeito de ano (P < 0,05) sobre peso e idade à puberdade. Todas as borregas ovularam à puberdade, apresentando taxa de ovulação média de 1,31. Não houve diferença estatística (P > 0,05) entre raças. Durante o período pré-puberal, 78,35% das borregas ovularam com uma taxa de 1,13.
Thesagro: Ovino
Fêmea
Ovelha
Ovulação
Pastagem nativa
Maturidade sexual
Reprodução animal
NAL Thesaurus: Sheep
Ewes
Ovulation
Sexual maturity
Animal reproduction
Rangelands
Pastures
Brazil
Puberty.
Data Created: 1992-08-01
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CNPC-1989-Art-01.pdf204,68 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace