Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/53369
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio-Norte - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 25-Fev-1997
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: PEREIRA, J. A.
TAVARES SOBRINHO, J.
BELTRÃO, N. E. de M.
Informaçães Adicionais: EMBRAPA-CPAMN.
Título: Respostas de cultivares tradicionais e melhoradas de arroz de sequeiro a diferentes níveis de umidade.
Edição: 1994
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, v. 29, n. 6, p. 857-865, 1994.
Idioma: pt_BR
Conteúdo: Foi realizado um experimento em casa de vegetação, em Areia, PB, para avaliar o comportamento produtivo de duas cultivares tradicionais (Caqui e Vermelho) e duas melhoradas (IAC 165 e Guarani) de arroz (Oryza sativa L.) de sequeiro, nas faixas de umidade de 60-70%, 70-80%, 80-90% e 90-100% da capacidade de campo. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com esquema fatorial 4 x 4 e quatro repetições. Foram estudadas as variaveis area foliar, peso de 1.000 graos, comprimento de panicula, numeros de panicula, numeros de espigueta/panicula, produção de grãos, peso seco das raizes, peso seco da arte aérea, materia seca total e indice de colheita. Somente o peso de 1.000 grãos e o indice de colheita não responderam aos diferentes niveis de umidade. A cultivar melhorada IAC 165 apresentou a maior estabilidade em produção de grãos e produção de materia seca total, mas a tradicional Vermelho revelou o maior potencial genetico para estas caracteristicas, na faixa de umidade mais desfavoravel.
Thesagro: Arroz
Oryza Sativa
Seca
Umidade
Variedade Resistente.
Ano de Publicação: 1994
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPAMN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PABV29N694.pdf413,09 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace