Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/577937
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Cerrados - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 15-Dez-2009
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: PULROLNIK, K.
BARROS, N. F. de
SILVA, I. R.
NOVAIS, R. F.
BRANDANI, C. B.
Informaçães Adicionais: KARINA PULROLNIK, CPAC; NAIRAM FÉLIX DE BARROS, UFV; IVO RIBEIRO SILVA, UFV; ROBERTO FERREIRA NOVAIS, UFV; CAROLINA BRAGA BRANDANI, UFV.
Título: Estoques de carbono e nitrogênio em frações lábeis e estáveis da matéria orgânica de solos sob eucalipto, pastagem e cerrado no Vale do Jequitinhonha - MG.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 33, p. 1125-1136, 2009.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Substâncias húmicas
Biomassa microbiana
Savanna
Pasture.
Conteúdo: A substituição da vegetação nativa na região de Cerrado por florestas plantadas de eucaliprto pode levar a mudanças nos estoques de C e N das diferentes frações da matéria orgânica do solo (MOS). Contudo, a intensidade e a direção da mudança nos teores de MOS dependem do tipo de solo, clima e manejo da área plantada. O objetivo deste trabalho foi determinar o efeito do plantio de eucalipto nos estoques de C e N em frações lábeis e estáveis da MOS em regiao de Cerrado no Vale do Jequtinhonha - MG. O estudo foi desenvolvido utilizando-se amostras de solos provenientes de povoamentos de Eucalyptus urophylla e de áreas adjacentes com vegetação natural de Cerrados e cultivo de pastagem. Para o plantio do eucalipto, a vegetação do Cerrado foi cortada, a lenha removida e os resíduos enleirados e queimados. As plantações de eucalipto com 20 anos apresentaram teores de carbono orgânico total (COT) similares aos da vegetação de Cerrado e pastagem. Nas frações ácido húmico e ácido fúlvico (FAH e FAF), os teores de C foram de 16,6 e 17,5% maiores para o solo de eucalipto em comparação com os solos da pastagem, e 36,9% com os solos do Cerrado, respectivamente. O cultivo do eucalipto não reduziu o estoque de C e N da biomassa microbiana do solo (BMS) em comparação com a do Cerrado e pastagem, e proporcionou incremento nas quantidades de C e N na matéria orgânica leve (MOL), o que contribuiu para o aumento da MOS. A contribuição do C derivado do eucalipto para a MOS, após 20 anos de cultivo, foi de 5%. Isso indica uma baixa taxa de substituição do C nativo derivado pelo C derivado do eucalipto, com uma média anual de 0,25%. Assim, a substituição da vegetação nativa do Cerrado por eucalipto não resultou na diminuição do estoque de C nas frações FAH, FAF, MOL e BMS da MOS.
Thesagro: Cerrado
Solo
Eucalipto
Pastagem
Eucalyptus Urophylla
Matéria Orgânica.
NAL Thesaurus: Eucalyptus
humic substances
organic matter
microbial biomass
soil.
Ano de Publicação: 2009
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPAC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pulrolnikk012009.pdf1,3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace