Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/578227
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio-Norte - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 16-Dez-2009
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: MATIAS, M. da C. B.
SALVIANO, A. A. C.
LEITE, L. F. C.
GALVÃO, S. R. da S.
Informaçães Adicionais: Maria da Conceição Bezerra Matias, Unidade de Educação Tecnológica e Profissional/UETEP, Secretaria Estadual da Educação do Piauí, Teresina-PI.; Adeodato Ari Cavalcante Salviano, UFPI; Luiz Fernando Carvalho Leite, Embrapa Meio-Norte; Sandra Regina da Silva Galvão, Bolsista/Embrapa Meio-Norte.
Título: Propriedades químicas em Latossolo Amarelo de cerrado do Piauí sob diferentes sistemas de manejo.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Revista Ciência Agronômica, Fortaleza, v. 40, n. 3, p. 356-362, jul./set. 2009.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Preparo convencional.
Conteúdo: A região do cerrado piauiense é considerada a última fronteira agrícola do País. Sua utilização de forma sustentável depende, dentre outros fatores, dos sistemas de manejo do solo. O objetivo deste trabalho foi verificar as alterações nas propriedades químicas de um Latossolo Amarelo do cerrado piauiense sob diferentes sistemas de manejo: plantio direto (PD), preparo convencional (PC), área recém-desmatada, ainda não cultivada (ARD) e vegetação de cerrado nativo (CN). As amostras de solo foram coletadas no município de Uruçuí, PI, nas profundidades de 0-5; 5-10; 10-20 e 20-40 cm. Foram determinados o pH em água, Al3+, H + Al, Ca2+, Mg2+, K+, P disponível e matéria orgânica (MO), capacidade de troca de cátions a pH 7,0 (T), soma de bases (SB), saturação por bases (V) e saturação por alumínio (m). Em todas as profundidades, o teor de Al3+ foi menor nos sistemas PD e PC em relação à ARD e CN. PD e PC também apresentaram maiores teores de P disponível e de Ca e Mg trocáveis, nas profundidades de 0-5; 5-10 e 10-20 cm. Não houve diferença entre o PD e PC, com exceção da camada 10-20 cm, para V, SB e MO. A substituição da vegetação nativa pelos sistemas plantio direto e convencional promoveu alterações nas propriedades químicas do solo. O período de três anos não foi suficiente para o sistema PD promover aumento da fertilidade de um Latossolo Amarelo em relação ao PC, em áreas do cerrado piauiense.
Thesagro: Fertilidade do Solo
Plantio Direto.
Ano de Publicação: 2009
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPAMN)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RCAv40n3p356.pdf105,89 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace