Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/631703
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 29-Jan-2010
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: LENZA, J. B.
VALENTE, J. P.
RONCATTO, G.
CHIG, L. A
Informaçães Adicionais: Janaina Batista Lenza, UNIC; João Pedro Valente, UFMT; GIVANILDO RONCATTO, CPAF-AC; Léo Adriano Chig, UFMT.
Título: Índice de pegamento e precocidade de mudas da variedade FB200 enxertada em diferentes espécies silvestres e comerciais de maracujazeiro.
Edição: 2009
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v. 31, n. 3, p. 823-830, set. 2009.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Maracujá amarelo
Yellow passion fruit
Maracuyá amarillo
Pegamento
Gavinhas
Injerto (plantas)
Passiflora edulis f flavicarpa
Producción de plántulas.
Conteúdo: O maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims.), principal Passifloracea cultivada no Brasil, vem registrando diminuição na longevidade, dos pomares ao longo dos anos, devido à incidência de pragas e doenças que atacam o seu sistema radicular. O objetivo deste trabalho foi comparar o índice de pegamento e a precocidade na emissão de gavinhas da variedade 'FB200' enxertada nos porta-enxertos P. edulis, P. quadrangularis, P. giberti, P. coccinea, P. alata, P. nitida e na variedade 'FB200'. O experimento foi realizado em viveiro sob telado (50% de sombra), na Fazenda Experimental da FAMEV/UFMT. Os porta-enxertos e enxertos foram oriundos de sementes, do viveiro Flora Brasil (Araguari-MG), UNESP/Jaboticabal-SP, e coletados na região. O método de enxertia foi de fenda cheia utilizando-se de porta-enxertos com três folhas e altura de 15 a 30 cm até o ponto de enxertia. As mudas apresentavam, no momento da enxertia, 30 a 90 dias. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com sete tratamentos e três repetições, onde cada parcela foi formada por 15 mudas enxertadas. O índice de pegamento e a emissão de gavinhas foram avaliados em intervalos quinzenais, até os 60 e 120 dias, respectivamente. As mudas do maracujazeiro 'FB200', enxertadas em Passiflora edulis, P. quadrangularis e 'FB200', apresentam o melhor índice de pegamento da enxertia e precocidade na emissão de gavinhas, estando aptas para serem levadas ao campo entre 30 a 120 dias após a enxertia.
Thesagro: Maracujá Peroba
Passiflora edulis flavicarpa
Muda
Enxerto
Comportamento de variedade.
NAL Thesaurus: Seedling production
Grafting (plants).
Ano de Publicação: 2009
ISSN: 0100-2945 (impresso) / 1806-9967 (online)
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
22644.pdf723,3 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace