Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/858646
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 27-Jul-2010
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: LIMA, S. S. de
AQUINO, A. M. de
LEITE, L. F. C.
VELÁSQUEZ, E.
LAVELLE, P.
Informaçães Adicionais: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro; ADRIANA MARIA DE AQUINO, CNPAB; LUIZ FERNANDO CARVALHO LEITE, CPAMN; Universidad Nacional de Colômbia; Institut de Recherche pour le Développement.
Título: Relação entre macrofauna edáfica e atributos químicos do solo em diferentes agroecossistemas.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.45, n.3, p.322-331, mar. 2010
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Agricultura de queima e corte
Invertebrados do solo
Sistemas agroflorestais
Sistemas de uso do solo
Transição cerrado-floresta
Conteúdo: Resumo ? O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do uso do solo sobre a densidade e a diversidade da macrofauna invertebrada, bem como a relação dessa com atributos químicos do solo em diferentes agroecossistemas. Foram estudados cinco agroecossistemas: sistema ecológico com três anos de adoção (SE3), sistemas agroflorestais com seis (SAF6) e dez (SAF10) anos de adoção; agricultura de corte e queima (ACQ), e floresta nativa (FN). Em cada sistema, foram coletadas aleatoriamente cinco amostras solo, em forma de blocos (25x25 cm), na profundidade de 10 cm, nas épocas seca (outubro, 2006) e chuvosa (maio, 2007). A relação entre os atributos químicos e a macrofauna edáfica, nos diferentes sistemas de uso do solo, foi determinada por meio da análise da coinércia. Maior abundância da macrofauna foi observada na época chuvosa. Os sistemas SE3, SAF6 e SAF10 apresentaram maior riqueza de espécies e índices de Shannon e Pielou, independentemente da época de coleta. O manejo agroflorestal favoreceu a ocorrência de "engenheiros do ecossistema". Os sistemas agroflorestais propiciam melhores características químicas do solo e aumentos na abundância e riqueza da macrofauna invertebrada do solo.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
45n03a13.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace