Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/865627
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Pecuária Sudeste - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 28-Out-2010
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: CARAPELLI, R.
GROMBONI, C. F.
SOUZA, G. B. de
NOGUEIRA, A. R. de A.
Informaçães Adicionais: RODRIGO CARAPELLI, UFSCar/SÃO CARLOS, SP; CAIO F. GROMBONI, UFSCar/SÃO CARLOS, SP; GILBERTO BATISTA DE SOUZA, CPPSE; ANA RITA DE ARAUJO NOGUEIRA, CPPSE.
Título: Utilização de titulação potenciométrica e regressão por mínimos quadrados parciais para determinação seletiva de ácidos carboxílicos.
Edição: 2010
Fonte/Imprenta: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Ácidos carboxílicos
Titulação potenciométrica
Regressão
Conteúdo: O método de regressão por mínimos quadrados parciais (PLS) é o mais utilizado em calibração multivariada, empregando tanto as informações de concentração certificada, quanto as informações experimentais, tendo como objetivo obter a máxima correlação entre ambos conjuntos, permitindo assim a previsão de amostras com concentrações desconhecidas através do modelo proposto. Nesse trabalho foi construído um modelo utilizando misturas de ácidos orgânicos (acético, lático e fórmico) contendo diferentes concentrações conhecidas empregando titulação potenciométrica e PLS com o software pirouette 4.11 (infometrix). O interesse para a construção desse modelo justifica-se pelo fato desses ácidos apresentarem valores de dissociação muito próximos sendo impossível a sua determinação direta e seletiva por meio de titulação convencional, tornando-se necessário o emprego de análises cromatográficas que são morosas e apresentam custos elevados. Neste trabalho foram analisadas quatro soluções padrões em duplicata em diferentes concentrações para a construção do modelo quimiometrico, sendo a faixa estudada de 0,125 a 1,00 mol.L para o ácido láctico; de 0,0625 a 0,500 mol.L para o ácido acético; e de 0,0313 a 0,250 mol.L para o ácido fórmico. As analises foram realizadas em duplicata. Os resultados foram obtidos aplicando validação cruzada e demonstraram boa correlação entre o método proposto para determinação das concentrações na faixa estudada, com coeficiente de correlação (r) = 0,9992 com dois fatores para todos os ácidos. Para a avaliação da exatidão do método estudado, uma solução padrão intermediaria foi preparada e lida como amostra em duplicata, utilizando o modelo gerado, sendo os resultados obtidos satisfatórios, com erros de predição variando de 2,96 (para o ácido fórmico) a 4,56 % (para o ácido acético), e o desvio padrão relativo de 7,4 x 10 % para todos os ácidos, evidenciando assim uma boa exatidão e precisão do método. O método desenvolvido portanto tem potencialidade para ser aplicado em amostras agronômicas como rúmen e silagem.
Ano de Publicação: 2010
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPPSE)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PROCIGBS2010.00153.pdf11,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace