Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/904194
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Café - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: VERDIN FILHO, A. C.
TOMAZ, M. A.
FERRAO, M. A. G.
FERRÃO, R. G.
FONSECA, A. F. A. da
VOLPI, P. S.
MAURI, A. L.
ANDRADE, S. de
RODRIGUES, W. N.
MIGUEL, G. S.
Additional Information: ABRAÃO CARLOS VERDIN FILHO, INCAPER; MARCELO ANTONIO TOMAZ, UFES; MARIA AMELIA GAVA FERRAO, SAPC; ROMÁRIO GAVA FERRÃO, INCAPER; AYMBIRE FRANCISCO A DA FONSECA, SAPC; PAULO SERIGO VOLPI, INCAPER; ALDO LUIZ MAURI, INCAPER; SAUL DE ANDRADE, UFES/CEUNES; WAGNER NUNES RODRIGUES, CCA/UFES; GUSTAVO SANTOS MIGUEL, Bolsista do DBP&D/Café.
Title: Desenvolvimento vegetativo do café conilon conduzido com a poda programada de ciclo em diferentes densidades de plantio.
Publisher: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 7., 2011, Araxá. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2011.
Language: pt_BR
Keywords: Densidade de plantas
Número de hastes
Manejo da cultura.
Description: O adensamento do cafeeiro possibilita uma melhor utilização da área, devido ao aumento da população de plantas e possível crescimento da produção por área. A poda nas lavouras de café conilon é uma prática eficiente para a renovação dos cafezais, que visa revigorar as plantas e manter a produtividade da cultura ao longo dos anos. Neste trabalho avaliou-se o crescimento vegetativo do café conilon conduzido com a poda programada de ciclo e em densidades de plantio variando de adensado a convencional com o objetivo de estudar o efeito do aumento do número de hastes por hectare no desenvolvimento da cultura. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental de Marilândia/Incaper, utilizando-se a cultivar EMCAPA 8111 precoce. Os espaçamentos utilizados foram: 2,0 x 1,0 m; 2,5 x 1,0 m; 3,0 x 1,0 m e 3,0 x 1,5 m e ambos com 3 hastes por planta para a composição dos tratamentos. Logo, foram testadas as populações de 6.667, 10.000, 12.000 e 15.000 hastes por hectare em um delineamento experimental em blocos casualizados, com seis repetições. A análise dos resultados indicou a significância do efeito das diferentes populações de hastes por hectare no desenvolvimento das plantas para as características: altura da planta e número de ramos plagiotrópicos. Não ocorreram diferenças significativas para o diâmetro de copa e o diâmetro de caule. A altura das plantas e o número de ramos plagiotrópicos emitidos foram maiores quando o número de hastes por hectare foi maior (adensamento).
Thesagro: Coffea Canephora.
Data Created: 2011-10-26
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (SAPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Desenvolvimentovegetativodocafe.pdf101 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace